Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

“Funcionários estão passando fome”, diz Calegário sobre atraso de salário de terceirizados

Publicado

on

Funcionários terceirizados da empresa TecNews que prestam serviços na Secretaria de Educação do Acre, fecharam a entrada do município de Senador Guiomard, na manhã desta quinta-feira, 29. Os trabalhadores que estão com quatro meses de salários atrasados protestaram com faixas e cartazes criticando o governo do Estado.

O deputado estadual Fagner Calegário (Podemos), defensor da categoria na Assembleia Legislativa (Aleac), esteve presente na manifestação e disse que o problema já vem sendo levantando há meses no plenário da Aleac.

“É um problema que já vem sendo debatido na Aleac e não foi resolvido ainda. Por isso assinei a CPI da Educação, porque é inadmissível que esses trabalhadores estejam sem receber há 4 meses e a Secretaria de Educação não faça nada. São funcionários da limpeza que já estão passando fome, sem comer”, comentou o parlamentar.

O deputado lembra que, na última semana, a maioria dos parlamentares da ALEAC votaram contra o requerimento de Calegário que pedia a convocação da equipe gestora da Secretaria de Educação, para prestar esclarecimentos aos deputados sobre os atrasos nos pagamentos dos funcionários terceirizados.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas