Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Acre antecipa eleições; Bocalom quer ensinar a desviar de buracos e Rocha não dá trégua a Cameli

Coluna da Gina

Publicado

on

2022

2022 já chegou no Acre. Sempre antecipando seus calendários eleitorais, o Acre já respira ano de sucessão governamental.

Sem base e MDB como aliado nada alinhado

O governo Cameli nunca teve base na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), mas é surreal vê-lo sendo massacrado pelo MDB a quem ele tanto agradou. Até secretaria deu ao partido.

Pedro Longo

Pedro Longo, deputado preparado, tem feito tudo que pode, mas a base não se une, não se entende, não se integra.

Não será um passeio

A busca da reeleição de Cameli não será um passeio como muitos imaginavam. Sobram adversários, alguns até travessuras de aliados.

Sem trégua

Rocha, o vice-governador descontente, não tem dado e nem indica que dará trégua a Gladson.

Dor de cabeça

Mesmo sem poder, Rocha não é uma voz no deserto. Ele sabe o caminho das pedras e sabe melhor ainda onde protocolar suas denúncias que ainda causarão muita dor de cabeça ao governador.

Equipe

Gladson Cameli continua sendo o que sempre foi. Um cara gente boa, mas que não conseguiu afinar a equipe. Popular ele é, mas resta afinar equipe e resolver os problemas.

Boa pessoa

Cameli é a melhor pessoa em um dos mais confusos governos.

A ridícula cartilha de Bocalom

A cartilha do prefeito Bocalom ensinando como desviar de buracos não é piada pronta. É a prova cabal da péssima escolha que os rio-branquenses fizeram.

Absurdo

Não precisamos que nos ensinem como desviar de buracos, precisamos de um prefeito que dê um jeito e tampe os buracos.

Sucupira é aqui

A cartilha de Bocalom deixou Rio Branco com ares de Sucupira atualizada.

Bom dia a todos

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas