Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

MP notifica Frank Lima e cobra explicações sobre vacinação em acadêmicos da Uninorte

Publicado

on

O secretário de Saúde de Rio Branco, Frank Lima, foi notificado pela Promotora de Justiça do Ministério Público do Acre, Myrna Teixeira, que abrirá uma investigação para apurar supostas irregularidades cometidas na vacinação de alunos da Uninorte.

O decreto foi publicado na edição do Diário Eletrônico na instituição desta segunda-feira (26).

O MP classifica o ato ocorrido no início de abril como suposta prática de ‘improbidade administrativa’, mesmo com um ofício enviado pela Secretaria Municípal de Saúde, estabelecendo critérios para vacinação de estagiários, dos cursos de saúde

A promotora se embasou na decisão do Ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, na ADPF nº 754 Distrito Federal, na qual determina a divulgação da ordem de preferência entre os grupos prioritários, considerando a possível prática de ato de improbidade administrativa, decorrentes da preterição dos profissionais e de cidadãos elencados na primeira etapa da imunização ao Coronavírus, Covid-19, quando da efetuação da vacinação de professores, alunos, e funcionários do Centro Universitário União Educacional do Norte – Uninorte.

A promotoria destaca que os fatos marrados, configura possivelmente, em crimes de peculato, concussão e corrupção passiva privilegiada. Com isso, determinou a abertura de uma investigação para apurar as denuncias.

Além disso, a promotoria enviou ofício ao Secretário Municipal de Saúde – Francisco Silva Lima – solicitando esclarecimentos sobre os fatos descritos no procedimento investigativo.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas