Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

TCE condena ex-diretora do Dom Moacyr a devolver mais de R$ 3 milhões

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A ex-diretora do Instituto de Desenvolvimento da Educação Profissional Dom Moacyr Grechi, Maria Rita Paro de Lima, teve por unanimidade, a prestação de contas referente ao exercício de 2018 reprovada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A decisão foi publicada nesta segunda-feira, 26, no Diário Oficial do TCE.

Segundo a conselheira-relatora, Dulcinéia Benício de Araújo, foram constatadas diversas irregularidades na prestação de contas do Instituto.

Na decisão, os membros do TCE destacam que a reprovação das contas ocorreu devido à ausência de comprovação de regularidade nos pagamentos e prestação dos serviços da pessoa jurídica de empresas que vão desde de terceirizadas até empresas de importação e exportação.

O órgão determinou que a ex-gestora devolva aos cofres públicos R$ 3,1 milhões no prazo de 30 dias em razão da ausência de demonstração de regularidade dos pagamentos de diversos contratos da autarquia.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas