Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Prefeito Bocalom faz balanço de 100 dias de gestão

Gina Menezes

Publicado

on

Durante a tarde de quinta-feira (22), o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), fez uma apresentação dos 100 dias de mandato. Todas as secretarias apresentaram relatórios e o prefeito fez uma espécie de resumo dos avanços em cada pasta. O ato aconteceu na sede da Associação dos Municípios do Acre (AMAC).

Apenas 5 dos 17 vereadores compareceram, sendo eles o progressista Samir Bestene, Joaquim Florêncio (PDT), Piaba (DEM), Rutênio Sá (PP) e Ismael Machado (PSDB).

Na área de urbanização, Bocalom anunciou que está em processo licitatório a compra de uma nova usina de asfalto e a modernização dos equipamentos.

Na Secretaria de Zeladoria, Bocalom destacou a limpeza dos parques como o da Maternidade, Tucumã, entre outros.

Na área da saúde, o prefeito destacou que foi uma das áreas que mais recebeu críticas e ressaltou que a equipe ainda está se “azeitando”. Antes de destacar os avanços na área da saúde, conduzida por Frank Lima, o prefeito destacou que 80% de sua equipe não tinha experiência com gestão. Entre os destaques na área da saúde ele citou aumento de consultas em 2019 que eram 37.605 que passou para 44.385.

Na área da educação, a secretária Nabiha Bestene, da velha guarda da educação, fez queixumes pelo fato das aulas ainda estarem sendo on-line. “Aula é na sala de aula”, declarou, dando a entender um descontentamento com as recomendações sanitárias.

Na área de assistência social foi frisado a reestruturação dos conselheiros tutelares. Quem fez a apresentação dos resultados da pasta foi o secretário de Administração, Arthur Neto, já que a titular da pasta, Marfisa Galvão, ainda não havia chegado ao evento.

No setor de agropecuária, Bocalom destacou a abertura de processo licitatório para manutenção de máquinas e equipamentos.

“As máquinas estão todas lá jogadas no tempo e estamos licitando espaço para fazer galpões e teremos até uma oficina porque não dá para trabalhar com serviço terceirizado”, diz.

Na área de meio ambiente, o secretário da pasta, Normando Sales, destacou manutenção, espaços públicos com paisagismo e 26 demandas de licenciamento ambiental.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas