Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Gina Menezes

Mesmo indiciados pela polícia, Márcio Mourão e Javã Costa seguem embolsando gordos salários

Publicado

on

As mordomias continuam

Mesmo tendo sido presos e indiciados, pelo menos dois envolvidos no escândalo de desvio de recursos da Educação continuam recebendo gordos salários.

Márcio Mourão

Márcio Mourão, segundo o Portal de Transparência, recebeu no mês de março um salário de R$ 12.829,06 reais. Márcio era, até ser preso, o secretário-adjunto de Educação e está sendo investigado por uma série de supostos crimes.

Javã Costa

Outro envolvido no escândalo financeiro da SEE e que seria uma indicação política, a época da nomeação, pelo deputado federal Alan Rick, é Javã Souza Costa, que, de acordo com o Portal de Transparência, recebeu um salário de R$ 10.500 reais.

Interessante

Javã é um caso interessante. Ele é funcionário municipal e teve a cessão do servidor para o governo. O rapaz recebe como chefe de departamento.

Pedido feito pelo governo

A respeito do pedido de cessão foi feito pelo governo à prefeitura mesmo após o indiciamento de Javã. Por que? Qual interesse?

Bomba

Em breve teremos uma mega bomba a ser explodida no IEPTEC.

Aliados, mas nem tanto

Mesmo o governador Gladson continuando a ser generoso com o MDB, três deputados da sigla se tornaram protagonista na CPI que investiga supostos crimes na educação. Não só assinaram o requerimento como se tornaram arautos da defesa da instauração da comissão.

Piores que inimigos declarados

Alguns aliados do governador são piores que inimigos declarados. A regra é simples: quem é da base de apoio deve apoiar.

Lene Petecão

A vereadora Lene Petecão (PSD) continua sendo uma das melhores parlamentares. Sabe o que faz, o que diz e não faz média.

N Lima

O vereador N Lima tem surpreendido como presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco. Mantendo excelente relação com seus pares.

Bom dia a todos

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas