Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Pessoas com comorbidades devem realizar cadastro nas UBS ou Uraps para vacinação anticovid

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, 19, o secretário de Saúde de Rio Branco, Frank Lima, explicou como se dará a próxima etapa de vacinação contra à Covid-19, que inclui pessoas com comorbidade, em Rio Branco.

Uma das exigências para receber o imunizante é apresentação de laudo médico para o cadastramento junto às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e as Unidades de Referência de Atendimento Primária (URAPs).

O gestor informou que as UBS e as URAPs estão aptas a realizar o cadastramento de pessoas com comorbidades. Após o cadastro, a vacinação começará de acordo com o envio das doses enviadas para o Ministério da Saúde (MS).

Frank Lima salientou que o início da vacinação deste grupo depende do envio dos imunizantes pelo Ministério da Saúde (MS), que se dará gradativamente, conforme envio de lotes específicos.

Faixa etária

O gestor explicou que a vacinação desses grupos começará por faixa etária, da maior para a menor, sendo a primeira de 59 anos, com o intuito de evitar filas e aglomerações nos pontos de vacinação.

“A estimativa do Ministério da Saúde é que no Acre tenha 32 mil pessoas, mas só aqui em Rio Branco temos quase 20 mil. Por isso, é necessário esse pré-cadastro. Na vacinação de acamados, a estimativa eram 500 pessoas, porém acabou sendo mais de 1 mil acamados em Rio Branco. Vale ressaltar que esse momento é de pré-cadastro. Nós ainda não iniciamos a vacinação para pessoas com comorbidades. Ainda estamos recebendo vacinas para idosos de 60 anos ou mais. A partir do momento em que você for lá fazer o cadastro, você vai tá habilitado a receber sua dose de vacina, no momento em que o Ministério da Saúde enviar para os com comorbidade”, explica.

“Quando o Ministério enviar vacinas para esse grupo iremos chamar a imprensa e anunciar. Iremos fazer a vacinação de quem tem comorbidade por idade, começando por quem tem 59 anos e aí a gente vai descendo até os 18 anos. Dessa forma, conseguimos dar comodidade para as pessoas e evitar filas e aglomerações”, completou.

A lista de comorbidade para prioridades na vacinação contra Covid-19 para pessoas entre 18 e 59 anos, em Rio Branco, inclui 19 doenças, como diabetes, hipertensão arterial, obesidade, doença renal crônica e anemia falciforme.

Fonte: Ac24horas

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas