Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

ZPE do Acre é vendida para consórcio Chinês por R$ 25,8 milhões de reais

Publicado

on

A Zona de Processamento e Exportação do Acre (ZPE) que já chegou a ser o grande projeto de governos anteriores e que recebeu investimentos de milhões do banco BNDES foi arrematada na manhã de sexta-feira (16) por um consórcio chinês, China Hiy Ing do Brasil. O valor que a ZPE foi arrematada foi o lance inicial de R$ 25,8 milhões de reais.

O edital prevê uma entrada de 5% a ser paga dentro de 25 dias e o restante em parcelas anuais.
Há tempos que o governador Gladson Cameli trabalha para a venda da ZPE.

Em 2019, o governador foi à China em busca de investimentos para a ZPE. Agora o governo prepara um leilão para abrir a participação a qualquer interessado em adquiri-la.

“O importante é que a ZPE cumpra a sua função e traga benefícios para o estado”, disse o titular da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sect), Anderson Abreu.

Conforme o secretário, localizada no município de Senador Guiomard, a ZPE foi recebida pelo atual governo apenas com estrutura física, faltando os documentos necessários para a entrada em operação. “Essa é uma das lutas que o governo vem travando e que está sendo solucionada”, disse.

Segundo Abreu, além de cumprir a sua função, o funcionamento da ZPE “vai resolver gastos do governo de R$ 20 mil mensais com o pagamento de serviços de segurança, além do fato de que, parada, a estrutura vai se deteriorando”.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas