Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Guerra na segurança pública: “Não aceitamos isso”, diz comandante da PM sobre críticas de secretário

Gina Menezes

Publicado

on

Após a divulgação do áudio do secretário de Segurança Pública do Acre, Paulo César, criticando oficiais da Polícia Militar (PM), um clima de tensão se instalou na Segurança Pública, em uma guerra de versões.

Na manhã de segunda-feira (12), o comandante da PM, coronel Paulo César Gomes, afirmou à reportagem da Folha do Acre que repudia as declarações do secretário.

“Não aceitamos a postura dele, em nenhum momento deixamos de estar no local da ocorrência, pelo contrário, a operação foi organizada pela PM”, diz.

O secretário de Segurança criticou a PM e chegou a chamar os oficiais, incluindo coronéis, de imaturos. A reportagem tentou ouvir o secretário, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

A operação que gerou desgaste entre o secretário de Segurança e os militares foi a que buscou apreender um grupo de criminosos que no dia 10 fez um arrastão na Transacreana e matou um pastor evangélico.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas