Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Geral

Chegada da vacina Sputnik ao Acre vai atrasar por causa de problemas com autorização da Anvisa

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A chegada das primeiras doses da vacina russa Sputnik V ao Acre deve atrasar por causa de problemas com a documentação russa enviadas à Anvisa com o objetivo de conseguir a autorização para uso emergencial do imunizante no Brasil.

A Anvisa anunciou que irá enviar uma equipe à Rússia para inspecionar as instalações de produção da vacina e de seus insumos. Com isso, o envio das doses ao Acre depende da decisão da Anvisa.

Em março, o governador Gladson Cameli anunciou a compra da vacina russa para imunizar os acreanos contra a Covid. Segundo o governador, o primeiro lote chegaria na primeira quinzena de abril.

Por meio do Consórcio Nordeste, houve a formalização da compra de 50 milhões de doses do imunizante produzido na Rússia. Para o Acre, o governador Gladson Cameli realizou a aquisição de 700 mil vacinas, assegurando a proteção de mais de um terço da população.

O contrato do governo do Acre é no valor de R$ 40 milhões e a compra é feita por meio do consórcio dos governadores do Nordeste e Fundo Soberano Russo.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas