Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Urgente: leitos de UTI são desativas no Pronto-Socorro de Rio Branco

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Um total de dois leitos de UTI para pacientes com Covid-19 foram desativados no Pronto-Socorro nesta quarta-feira, dia 24. A medida é consequência da falta de profissionais para a assistência dos pacientes, uma vez que diversos técnicos e enfermeiros do hospital estão ficando doentes em meio à sobrecarga de trabalho.

A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) informou, por meio de boletim oficial, que o Acre possui 20 pacientes em estado grave aguardando vaga em Unidade de Terapia Intensiva, onde o tratamento contra a doença é mais eficaz nesse estágio da doença. O diretor do Pronto-Socorro, Areski Peniche, confirmou a desativação dos dois leitos.

“Estamos com dois leitos temporariamente bloqueados, pois estamos tendo dificuldade em repor profissionais nas escalas, por conta de atestados médicos. Os profissionais também estão adoecendo”, revela o gestor hospitalar.

Preocupado com os profissionais, Areski completa: “Infelizmente, a carga de trabalho e a exposição constante tem levado um número grande de profissionais a se afastarem por covid e outros problemas de saúde”. Na terça-feira, dia 23, mais 11 mortes causadas pela doença foram confirmadas pela Sesacre.

Segundo o Boletim da Sesacre, dos 106 leitos de UTI disponíveis nos hospitais do estado, 99 deles estão ocupados. A diferença trata de leitos obstétricos e pediátricos. Em Rio Branco há 85 leitos montados e no interior, em Cruzeiro do Sul, outros 26 foram montados para receber pacientes com Covid-19.

Fonte: Notícias da Hora

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas