Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Farmacêutico da Unimed, Joselito Cordeiro, morre vítima de Covid em Rio Branco

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O farmacêutico Joselito Cordeiro dos Santos, 39 anos, que atualmente travalhava na Unimed e URAP Maria Barroso,  faleceu nesta terça-feira (23) por complicações causadas pela Covid-19. Ele estava internado na UTI do Hospital Santa Juliana, em Rio Branco, e não resistiu.

Segundo informações de Tonny Cordeiro, irmão do farmacêutico, Joselito já estava recuperado da Covid-19, mas foi acometido por uma infecção bacteriana pulmonar e seu quadro de saúde se agravou nos últimos dias.

“Ele ficou internado na UTI por 47 dias. Chegou a ser extubado uma vez e ficou extubado e bem consciente por 3 dias. Mas teve que ser entubado novamente, e brigou por mais vários dias”, lamenta o irmão.

A Unimed divulgou nota de pesar pelo falecimento de Joselito. A empresa afirmou que todos os colaboradores sentem neste momento a perda do farmacêutico.

“Toda a equipe do pronto atendimento, gerência, diretoria e demais colegas de todas as unidades sentem essa grande perda e manifestam solidariedade aos familiares e amigos de nosso colega Joselito. Rogamos ainda para que Deus, em sua infinita misericórdia, possa confortá-los neste momento de dor”, diz trecho da nota.

Sonho de ser farmacêutico

Joselito deixou o pequeno distrito de Nova Califórnia, em Rondônia, para estudar e realizar o sonho de ser farmacêutico. Joselito queria seguir os passos do pai, Antônio Cordeiro, que era proprietário de uma farmácia e muito conhecido no distrito rondoniense.

O garoto sonhador de Nova Califórnia se formou e se tornou uns dos mais respeitados farmacêuticos de Rio Branco. Trabalhou em grandes farmácias da cidade como a Drogaria Globo, Pague Menos e no órgão de pesquisa do Estado, a Funtac.

Joselito se cuidava, mas mesmo assim foi infectado

Tonny Cordeiro conta que seu irmão sempre foi cuidadoso e cumpria à risca o protocolo de segurança para se previnir da contaminação pela Covid-19, mas acabou acometido pelo vírus.

“Sempre respeitando e cuidadoso com os protocolos, no último ano ele viveu para o trabalho e para família, não aglomerou, se cuidou e tudo o que eu mais queria era que ele tivesse em casa com o meu pai, mãe e minha sobrinha que moram juntos, esse é o tipo de isolamento que ele merece”, escreveu Tonny nas redes sociais.

Falecimento causa comoção nas redes sociais

Joselito era muito querido pelos amigos, familiares e pacientes. Após a confirmação de seu falecimento, amigos do farmacêutico usaram as redes sociais para lamentar e enviar mensagens de apoio aos familiares.

“Aí meu amigo, que dor saber da sua partida guardarei na memória sua risada e seu jeito de falar. Vá com Deus, ele te espera de braços abertos”, disse Neide Gomes.

Já o amigo Pericles agradeceu a oportunidade de ter conhecido Joselito: “Vá em paz meu amigo. Foi bom ter lhe conhecido e ter feito parte da sua vida”.

 

 

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas