Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Após possível colapso de oxigênio, Acre recebe doação do produto para os próximos 3 meses

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A Frente Nacional de Prefeitos do Brasil realizou uma pesquisa onde Rio Branco é uma das 76 cidades do país que corre o risco de desabastecimento de oxigênio nos próximos dias, vital para o tratamento de pacientes com a Covid-19.

No Acre, essa possibilidade está descartada no próximos 90 dias. A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) anunciou a doação de oxigênio pelo movimento SOS AM que vai garantir o fornecimento do produto pelos próximos três meses. Nesta sexta-feira, 19, o Acre recebeu a reconfortante notícia de mais uma doação de oxigênio, articulada junto à multinacional Air Products, que trabalha com a venda de gases e produtos químicos.

A diretora administrativa da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), Muana Araújo, explica que o Estado fará toda a parte logística para garantir a chegada do insumo: “Iremos providenciar todo o processo que envolve o transporte, armazenagem e envase dos cilindros, garantindo uma rotatividade célere e abastecimento das unidades que utilizam esse método para atendimento à demanda que os pacientes necessitam”.

A doação contribui para suprir o sistema de saúde por, pelo menos, três meses. “Levando em consideração a nossa média de gasto mensal, essa quantidade é suficiente para utilização em, aproximadamente, 3 meses e somado ao contrato que temos com a empresa de fornecimento deste insumo, podemos afirmar que vivemos um momento relativamente tranquilo com relação ao abastecimento de oxigênio no nosso estado”, destacou a diretora administrativa, Muana Araújo.

O movimento

O movimento SOS AM é formado por 14 grupos voluntários que atuam no Amazonas com a finalidade de dar suporte à população mais frágil do estado no que se refere à assistência, alimentação, recursos e equipamentos. A união dos grupos se deu para unir forças em combate às fatalidades ocasionadas pelo novo coronavírus, principalmente depois de noticiada em todas as mídias a trágica informação de que o sistema de saúde havia entrado em colapso no Estado do Amazonas e o oxigênio acabado, em meados de janeiro de 2021.

Com a junção dos grupos, foi possível ampliar o alcance da ação que tem foco na arrecadação de recursos financeiros para serem convertidos principalmente na compra de oxigênio para a população enferma que depende do gás para viver.

Ac24horas

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas