Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Bocalom diz que Socorro Neri não precisa acionar a Justiça já que prefeitura iniciou investigação de contratos

Gina Menezes

Publicado

on

Em coletiva de imprensa concedida na sede da Prefeitura de Rio Branco na manhã de sexta-feira (19), o prefeito da cidade, Tião Bocalom, afirmou que está agindo dentro da legalidade no tocante ao contrato da Zeladoria com as empresas terceirizadas e garantiu que a ex-prefeita Socorro Neri não precisará acionar os órgãos de controle para apurar as denúncias, pois a atual gestão já procedeu na investigação.

“Não precisa a ex-gestora Socorro Neri entrar com pedido no Ministério Público (MP/AC) ou Tribunal de Contas do Estado (TCE), pois nós mesmo iremos encaminhar a documentação e encaminhar à Polícia Federal”, diz.

Bocalom se eximiu de ter supostamente atacado a ex-prefeita Socorro Neri jogando suspeição sobre sua gestão.

“Não dissemos que ela roubou. Existe indícios da gestão e não pagaremos o que não é devido”, diz.

Uma das trabalhadoras da Zeladoria, Natalie Cardoso, que presta serviço para a JWC, afirmou que não sabia que o trabalho deles era feito por metragem.

“Antes ninguém sabia que era feito por metragem, só soubemos disso na atual gestão”, declarou.

Natalie Cardoso também afirmou que quatro empresas terceirizadas prestam serviços à Zeladoria.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas