Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Deputado diz que Bocalom se declarou incapaz de administrar Rio Branco e fala em impeachment

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O deputado estadual Edvaldo Magalhãe (PCdoB) usou a sua fala na sessão remota desta terça-feira (16) da Assembleia Legislativa para cobrar um diálogo e que a Prefeitura de Rio Branco pague os salários atrasados dos garis, margaridas e roçadores da capital acreana que está dois meses sem receber.

Edvaldo comentou sobre as agressões sofridas pelos servidores da Zeladoria durante protesto na segunda-feira (15).

“As imagens são chocantes. Aquilo foi uma covardia. Os garis estavam cobrando seus salários atrasados e receberam spray de pimenta na cara, cassetetes e cachorros valentes a pedido da prefeitura”, disse o deputado.

O deputado comunista afirmou que Bocalom não tem capacidade para administrar a cidade de Rio Branco.

“O prefeito Bocalom não tem capacidade de gerenciamento de crise e não tem capacidade administrativa. Bocalom se declarou imcapaz de administrar. Se o contrato e a medição é suspeita pague aos trabalhadores. Não se puna os trabalhadores. Pela primeira vez na história da administração pública municipal o prefeito antes dos 100 dias se declarou imcapaz de gerenciar a cidade. E já se fala em impeachment”, finalizou.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas