Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Prefeito Camilo Silva comanda 10 frentes de trabalho para reconstruir Plácido de Castro

Avatar

Publicado

on

O prefeito Camilo Silva (PSD) e sua equipe estão trabalhando incansavelmente para reconstruir a histórica Plácido de Castro. Nesses setenta primeiros dias de gestão, várias frentes de trabalho compostas por dez equipes estão atuando na infraestrutura urbana, na melhoria de ramais, reformas de escolas e recadastramento dos imóveis urbanos e transformando o lixão em anterro sanitário. Além disso, outros profissionais estão trabalhando para sanar as dívidas e prestações de contas da gestão anterior.

“Quando recebemos a gestão para chegarmos ao lixão tínhamos que usar um trator. Agora, estamos trabalhando para transformar num aterro sanitário, assim, como determina a legislação”, enfatizou o prefeito.

Para acompanhar os serviços do aterro e melhoria da via de acesso ao local, o vice-prefeito do município, Enilton Pena (PSB), esteve nesta quinta-feira (11) acompanhando in loco.

Para quem conhece o lixão de Plácido, notou que em menos de três meses de mandato, houve uma mudança significativa.

“Visitamos o lixão nessa tarde para verificar in loco a situação do local. Quando assumimos para chegar ao local tínhamos que ir de trator. Hoje vivemos uma nova realidade. O local é acessível aos caminhões que traz o lixo, aos carros e outros veículos. Também viemos verificar o andamento da obra do aterro sanitário. Porque quando eu e o Camilo colocamos nosso nome para concorrer ao cargo de gestor, nos comprometemos a fazer o melhor por este município. E esse compromisso está sendo mantido”, disse o vice.

Atualmente a prefeitura executa suas ações com dez frentes de trabalho, cujo objetivo é assegurar um município próspero e aconchegante aos seus cidadãos. Na área urbana, a Secretaria de Obras está fazendo a drenagem no centro da cidade.

“Quando chove, parte do centro fica com acúmulo de água e encomoda as pessoas. Então, vamos resolver essa situação e oferecer comodidade aos nossos munícipes”.

Educação

Na área educacional, na qual o prefeito e o vice são professores, a primeira tarefa tem sido trabalhar a reforma das escolas.

“Na qualidade de educador preciso investir na educação, na melhoria do espaço e na qualificação profissional. Estamos reformando algumas escolas e já conseguimos uma emenda com o senador Petecão para oferecer cursos superiores, em parceria com a UFAC. Além disso, tenho ciência que a educação é o pilar de transformação de uma sociedade, por isso, o nosso foco é educar para desenvolver”, afirma.

Outra preocupação do gestor são os ramais.

“Desde a época que eu era vereador sempre batalhei para que os gestores investissem na melhoria dos ramais. Então, quando assumi o governo comecei fazendo um trabalho nos pontos críticos, garantindo o tráfego das pessoas e o escoamento da produção. O homem do campo precisa desse apoio e nós estamos dando”.

Regularização fundiária

Na gestão Camilo Silva e Enilton Pena, a regularização fundiária está sendo desenvolvida com todo o esforço possível. Segundo o prefeito, trabalhadores da prefeitura estão realizando o cadastro dos imóveis urbanos e depois será feito a regularização fundiária.

Limpeza urbana

Outro foco da gestão é a limpeza urbana. Como a coleta do lixo, limpeza das ruas, desobstrução dos bueiros e a construção de tampa para os mesmos. ” Um bueiro sem tampa coloca em risco a vida de uma criança, de um idoso. Então, estamos fazendo essa ação para previnir possíveis acidentes e melhorar nossa área urbana”.

A reorganização do espaço público também faz parte das ações nesse dois meses e onze dias de gestão. ” Realizamos a operação tapa buraco em Vila Campinas e a construção da praça para que a cidade possa ter uma referência urbana”, diz Camilo.

Vacinação

Camilo Silva informou que o cronograma estabelecido pelo Ministério da Saúde e a Sesacre está sendo cumprido.

“Estamos cumprindo as determinações do MS e da Sesacre, para que possamos concluir todas as etapas da vacinação. Já vacinamos os idosos acima de 75 anos, e agora estamos noutra escala da idosos. O certo é que vamos cumprir todo o cronograma do Ministério da Saúde”.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas