Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Comissão Especial de Acompanhamento da Covid promove audiência pública para relatar problemas enfrentados durante a pandemia

Avatar

Publicado

on

Na manhã desta quinta-feira (11), os membros da Comissão Especial de Acompanhamento da COVID-19, que é presidida pelo deputado Roberto Duarte (MDB), realizaram uma audiência pública onde relataram os problemas encontrados durante as visitas realizadas em cidades do Juruá e proximidades.

Durante a audiência, representantes de alguns veículos de comunicação tiveram a oportunidade de fazer perguntas aos membros da Comissão sobre as dificuldades que foram observadas durante as visitas feitas aos municípios.

Dentre os problemas observados, os parlamentares relataram que a sobrecarga dos servidores da Saúde, as más condições prediais dos hospitais e a falta de ações mais enérgicas para conscientizar a população sobre a importância do uso da máscara são algumas das dificuldades que necessitam ser corrigidas.

Outra situação apontada foi uma possível falta de oxigênio em alguns hospitais. Os membros da Comissão observaram que no Hospital de Sena Madureira, por exemplo, havia apenas dez cilindros de oxigênio, sendo que, por dia, apenas uma paciente internada no local estava utilizando cinco completos.

Sobre os hospitais de Tarauacá e Feijó foi constatado que os mesmos não dispõem de usina de oxigênio e não oferecem a estrutura que as unidades hospitalares regionais devem ter, uma vez que recebem um número maior de pessoas advindas de cidades próximas.

Também foi pontuado que, desde o início da pandemia do coronavírus até o dia de ontem, 773 acreanos perderam a vida para a doença, e, destas mortes, 310 ocorreram somente neste ano. O sistema de saúde do Acre está colapsando e hospitais particulares como a Prontoclínica, localizada na capital, já informaram que não receberão novos pacientes, pois podem ficar sem oxigênio para os que já estão internados.

Durante a reunião, os parlamentares pontuaram que a intenção da Comissão de Acompanhamento da COVID-19 não é promover qualquer espécie de flagrante ou constrangimento a servidores da Saúde, mas sim lançar um olhar externo em relação aos problemas vivenciados durante a pandemia e promover uma mediação junto ao governo, em busca de soluções.

Eles pedem que o governo realize a contratação de mais profissionais para atuar nos hospitais e a implantação de usinas de oxigênio em Tarauacá e Mâncio Lima. Outra solicitação, é a de que seja concluída a obra do hospital de Mâncio Lima, bem como a realização de uma reforma nas unidades de Manoel Urbano e Tarauacá.

Sobre as doses de vacinas que serão adquiridas pelo governo, os deputados solicitam informações sobre o que de fato há de concreto na compra. Eles também pedem que sejam feitas blitz educativas para conscientizar a população sobre o uso da máscara. Os parlamentares reunirão com o governador Gladson Cameli e o secretário estadual de saúde, Alysson Bestene, para tratar sobre essas e outras ações.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas