Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Senador propõe prorrogação do auxílio emergencial com dinheiro de renúncia fiscal

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) acaba de revelar que propôs a prorrogação do auxílio emergencial no país. Segundo ele, a intenção é utilizar o dinheiro das renúncias fiscais da União para pagar as quantias.

Segundo informações do Senador, caso o Brasil faça isso, será possível gerar uma economia de mais de R$104,4 bilhões. O objetivo, segundo o senador, é que a prática fique em vigor enquanto durar a pandemia da Covid-19.

O Senador revelou que o país pode tirar dinheiro com a tributação de aplicações em Fundos de Investimentos Fechados. Dessa forma, aconteceria uma total relação com mudanças na regra do Imposto de Renda. Segundo o Senador, seriam economizados R$21 bilhões.

O país tinha condições, assim, de conseguir mais de R$125 bilhões. Segundo Randolfe, isso seria possível para realizar o pagamento de pelo menos quatro parcelas do auxílio emergencial.

“A partir deste mês de janeiro, temos 68 milhões de brasileiros desamparados. Estamos com uma média de mais de mil mortes por dia há vários dias e teremos um agravamento das crises sanitária e econômica se não tiver nenhum tipo de socorro para eles”, disse o Senador.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas