Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Alysson diz que Acre pode ficar igual Manaus e Gladson diz que o colapso na saúde vai chegar

Gina Menezes

Publicado

on

O secretário de Saúde do governo do Acre, Alysson Bestene, afirmou durante reunião da bancada federal, realizada na tarde de quinta-feira (4), que a situação da pandemia da Covid-19 se agravou, que o Acre necessita de mais leitos e avisou que o estado poderá ficar em situação parecida com Rondônia e Manaus, estados que enfrentaram um colapso na rede de atendimento.
O governador Gladson Cameli foi mais alarmista e disse que o colapso na saúde vai chegar e afirmou que tomou as decisões de fechamento antecipadamente porque estava ciente da gravidade da situação.
Alysson afirmou que nos próximos dias no Acre pode haver fila de espera na rede de saúde.
“Podemos ficar como Rondônia e Manaus com todos os leitos ocupados e com pessoas em fila de espera”, diz.
Alysson contou ainda que a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) tem evitado receber pacientes de outros estados por falta de estrutura.
“Temos evitado receber de outros estados justamente por isso, pela falta de leitos. Nas condições que estamos não podemos”, diz.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas