Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Edvaldo Magalhães diz que governo precisa instalar gabinete de crise e lançar campanha educativa anticovid

Avatar

Publicado

on

Em discurso, durante a sessão virtual da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (3), o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) defendeu a instalação de um gabinete de gestão de crise e a imediata elaboração de uma campanha educativa, nos mais diversos meios de comunicação do Acre, a respeito das medidas tomadas para o enfrentamento da pandemia de covid-19, como o fechamento parcial do comércio.

“Governador, instale imediatamente um gabinete de gestão de crise para que esses furos sejam imediatamente corrigidos, para o convencimento do povo, que não é simples. Não se vai vencer uma pandemia sem a adesão da maioria do povo. Não se vai fazer convencimento com coletiva e com publicação de vídeo nas redes sociais, apenas. É preciso ter campanha massiva profissional”, destacou Edvaldo Magalhães, ao lembrar que há em caixa mais de R$ 16 milhões destinados à Comunicação, com a verba de mídia.

O líder da oposição na Aleac também falou a respeito do baixo índice de vacinação contra a covid-19. Apenas 0,65% dos acreanos foram vacinados. O Estado recebeu mais de 51 mil doses da vacina anticovid. Pouco mais de 5 mil pessoas foram imunizadas com a primeira dose.

“Na gestão da crise está faltando uma coordenação por parte da Secretaria de Saúde. Uma coisa é termos ainda poucas vacinas, mas o nosso problema no Acre é dobrado. O pouco que se tem, somos o último, basicamente, no Brasil no índice de vacinação. A quantidade que recebemos, estamos aplicando devagar, a passos de tartaruga. Está faltando gestão no processo de vacinação. O estado é de guerra. O enfrentamento não pode ser como de coisas normais. É preciso chamar as forças vivas todas. Este parlamento não tem se colocado como empecilho para as medidas necessárias”, disse Magalhães.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas