Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Mãe de Eliza Samúdio vai processar Alex Thomas por piada com ex-atriz assassinada

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A mãe da ex-atriz e ex-modelo Eliza Samúdio, Sônia Silva Morais, recebeu com indignação a notícia de que o influenciador digital acreano Alex Thomas citou o brutal assassinato da jovem em uma brincadeira de Instagram. Em entrevista exclusiva ao ContilNet, ela disse que vai acionar a Justiça contra a atitude do jornalista.

O polêmico blogueiro, que se autointitula “a venenosa do Acre”, pediu em sua rede social para que os seguidores enviassem nomes de pessoas conhecidas no estado para que ele dissesse com quem elas se parecem.

Uma desafeto do influenciador foi sugerida e ele a comparou com Samúdio, completando: “uma hora ela encontra o Bruno dela”, referindo-se ao goleiro condenado por ser o mandante do assassinato da ex-atriz, que teve o corpo esquartejado e dado a cachorros da raça rottweiler. O crime aconteceu em 2010 e chocou o país.

A mãe da vítima lamentou o ocorrido. “Eles usam a Eliza pra fazer chacota. A Eliza que é a vítima. Com o homicida, que é o Bruno, eles não fazem. Por que não fazem chacota com o nome dele? É incrível como este país age em relação às vítimas. Elas sempre são as culpadas. Não é o agressor, não é o homicida, sempre a vítima que tem culpa”.

Morais citou o filho de Samúdio, hoje com 10 anos, para reforçar sua revolta. “Eles esquecem que por trás do assassinato da Eliza existe uma família, um irmão, uma mãe e um filho menor. Gostaria que essas pessoas se colocassem um pouquinho no nosso lugar. Será que se fosse com um ente querido deles eles iriam gostar que fosse feito esse tipo de brincadeira? Acho que não”.

A mulher se entristece ainda pela filha não ter o descanso merecido mesmo depois de morta. “Desde que minha filha foi assassinada, ela não tem descanso. Vira e mexe tem alguém pra fazer esse tipo de comentário e brincadeira sem noção. Isso me causa uma revolta muito grande. Minha filha não teve sequer o direito de ser enterrada dignamente. Será que esse povo não pode deixar ela pelo menos descansar em paz, já que nem um enterro digno ela pode ter?”.

Por fim, dona Sônia condenou atitudes típicas de ambientes virtuais. “As pessoas acham que na internet você pode tudo, porém nem tudo se pode fazer na internet. Não sei o que acontece com a nossa sociedade, tá todo mundo ficando doente, só pode. Vou processá-lo”.

Contilnet

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas