Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Geral

Servidores da Polícia Civil são vacinados contra pneumonia e influenza

Kenedi Rodigues

Publicado

on

A preocupação contra doenças que atingem o sistema respiratório tem levado muita gente a se vacinar contra os vírus que causam gripes e pneumonias. Com o objetivo de prevenir doenças desse tipo nos servidores do sistema de Segurança Pública do Acre, a Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde(Sesacre) pretendem imunizar todos os agentes de segurança pública do Acre contra os principais tipos de pneumonias e a gripe influenza.

Sendo assim, na manhã desta quarta-feira, 27, teve início no auditório da Polícia Civil do Acre, a vacinação destinada aos servidores com mais de 40 anos de idade.

A vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente é indicada para a prevenção de 23 tipos de pneumococos que causam infecções nos pulmões, ouvidos e, também, na sua forma grave, pode atingir a corrente sanguínea. É mais comum no inverno e, frequentemente, associa-se à gripe, agravando o quadro.

A outra vacina ofertada aos servidores é a influenza trivalente, que é utilizada para prevenir a influenza (gripe), infecção respiratória causada pelo Myxovirus influenzae (vírus influenza). A vacina contra a gripe é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul: influenza A (H1N1), influenza B e influenza A (H3N2).

Para o delegado Cristiano Bastos, que coordena a Delegacia da Capital e do Interior (DPCI), inicialmente as vacinas estão sendo ofertadas aos policiais e servidores com mais de 40 anos de idade. “Por ter sido um breve espaço de tempo, elegemos os policiais da capital e, conforme a gente receba um quantitativo maior dessas vacinas, iremos ampliar às outras faixas etárias, estendendo a ação também ao interior do estado”, explicou.

A expectativa é que no primeiro momento sejam vacinadas 203 pessoas, no auditório da Polícia Civil, situado à Rua Antônio da Rocha Viana no bairro do Bosque, em Rio Branco.

O delegado Fabrizzio Sobreira, atualmente responsável pela Corregedoria da PC/AC, foi um dos servidores que fez questão de tomar as duas vacinas: “Essa importante campanha nos traz a tranquilidade de poder desempenhar nossas funções, sabendo que o Estado se preocupa com o servidor. Conclamamos os colegas que se enquadram nessa faixa etária a se vacinarem”.

ASCOM

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas