Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Neném Almeida mostra indignação com reestruturação do Banco do Brasil: “Isso é revoltante”

Avatar

Publicado

on

O deputado estadual Neném Almeida disse que está revoltado com o Banco do Brasil, que aprovou um conjunto de medidas que diminuem sua estrutura de atendimento com o fechamento de aproximadamente 360 unidades.

Segundo ele, no Estado do Acre, está previsto o fechamento de 3 agências, 3 postos e algumas agências serão transformadas em postos, isso vai acontecer em sete municípios.

“O deputado Neném Almeida, que é presidente licenciado do Sindicato dos Bancários do Acre (SEEB/AC), acha que essa medida, haverá trabalhadores que perderão remuneração e outros empregos – e nós não cairemos sem lutar. Isso é revoltante”, disse.

Almeida frisou que essa medida traz também um grande prejuízo para a população, que perderão atendimento em alguns municípios e nas demais agências o tempo de espera vai aumentar e a qualidade do atendimento vai diminuir.

“A discussão sobre o enxugamento da estrutura do BB passou a existir a partir de meados de 2020, mas ganhou força com a mudança da sua presidência em setembro do ano passado”, relatou.

As medidas anunciadas afirmam que a economia alcance R$ 353 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhões até 2025, de acordo com a nova diretoria.

O atual presidente do SEEB/AC, Eudo Raffael, afirma que o sindicato é contra o corte de cerca de 5 mil funcionários. “Nesse modelo, até as cartas de crédito oferecidas pelos bancos irão diminuir. Perde todos, o empregado, o empresário e perde o cidadão comum. Para sermos ouvidos, é necessário que haja ações efetivas”, afirma Raffael.

O sindicato organizou um protesto com o uso da cor preta e o atraso de uma hora para o início de todas as atividades dos bancários. Além disso, está programada uma assembleia hoje às 16h para discutir as próximas ações da categoria.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas