Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

MP denuncia policial penal por homicídio ‘torpe’ contra picolezeiro e acusado pode pegar 30 anos de prisão

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O Ministério Público do Acre (MP-AC) denunciou nesta terça-feira, 12, o policial penal Alessandro Rosas Lopes por homicídio ‘torpe’, contra o picolezeiro Gilcimar da Silva Honorato, de 38 anos.

O crime ocorreu em dezembro, no bairro Esperança, na capital. Efrain Enrique Mendoza, promotor de justiça ainda deverá ouvir mais testemunhas.

“Consta nos autos que, nos momentos que antecederam a morte da vítima, esta e o denunciado discutiram no interior do bar, fato que motivou a vítima a se armar com uma faca e, somente depois de ser esbofeteado pelo denunciado, veio a investir contra ele, atingindo o ombro, provocando a lesão de natureza leve e empreendendo fuga em seguida. Por sua vez, enquanto a vítima já se encontrava em fuga, o denunciado buscou uma arma de fogo em seu veículo e iniciou uma perseguição à vítima, vindo a alcançá-la, efetuando contra ela dois disparos na região posterior do corpo (costas). A vítima foi encaminhada para o Pronto Socorro, todavia, não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito. O denunciado agiu com torpeza, eis que motivado por vingança relativa a uma agressão pretérita e no momento em que a vítima já se encontrava em fuga, não mais oferecendo-lhe qualquer perigo atual ou eminente”, diz o processo.

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas