Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Destaque

Secretário de saúde garante que 12 Uraps estão abertas para receber pacientes com covid-19 e dengue

Kenedi Rodigues

Publicado

on

O novo secretário municipal de Saúde, Frank Lima, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, 06, falou acerca das medidas que estão sendo adotadas pela pasta para frear o aumento no número de casos de dengue.

Segundo ele, a equipe da Prefeitura tem feito um mapeamento dos casos de dengue, por meio do ‘Lira’ (Levantamento Rápido por Aedes Aegypty), e pediu a colaboração dos rio-branquenses no combate ao mosquito. Ele anunciou que as 12 Unidades de Referência de Atenção Primária (Urap) estarão abertas para receber pacientes covid-19 e de dengue.

“A partir dos focos a gente vai disparar ações de intervenção para agir no coração do problema. Precisamos da colaboração da população”, pontuou.

Em meio à pandemia da covid-19, o secretário pediu atenção redobrada da população em relação à dengue, e pontuou que o sistema poderá ficar sobrecarregado.

“Já estamos cuidando de coronavírus e eu queria chamar atenção da sociedade para isso. É muito ruim identificar o que é dengue, chikungunya e covid-19, porque os sintomas são parecidos. Se um paciente chegar nos postos de saúde, precisará ser testado as três coisas e isso pode causar um sobrecarregamento na rede com exames desnecessários. Pedimos a colaboração da população no combate ao mosquito”, afirmou.

“Além de todas as medidas apresentadas, salientamos que a participação da comunidade é fundamental no combate ao Aedes aegypti”, acrescentou o secretário. Segundo ele, a maioria dos criadouros do mosquito estão nos quintais e ambientes internos das residências, e para que este plano seja efetivado é necessário o apoio e ajuda da população na remoção dos focos.

 

AC24h

Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas