Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Hospital no interior do AC tem sete servidores afastados por dengue e cidade prepara plano de contingência

Kenedi Rodigues

Publicado

on

Hospital de Tarauacá funcionou nesse domingo (3) com 50% da capacidade devido aos afastamentos. Em seu primeiro dia na gestão, secretário de Saúde diz que planeja abrir unidade sentinela para atendimentos só de casos de dengue, além da compra de testes rápidos e campanha para conscientização da população.

Nas últimas duas semanas, a cidade de Tarauacá, no interior do Acre, registrou um aumento dos casos de dengue. Com ao menos sete servidores afastados pela doença, o Hospital Dr. Sansão Gomes funcionou nesse domingo (3) com 50% da capacidade. A informação foi confirmada ao G1 pela diretora geral, Laura Pontes.

Entre os servidores afastados com dengue estão cinco técnicos de enfermagem, um enfermeiro e um funcionário da recepção. No plantão desse domingo, a unidade estava com dois enfermeiros e quatro técnicos, sendo que normalmente são três enfermeiros e oito técnicos.

Ainda segundo a direção, nos últimos 15 dias aumentou bastante a procura por atendimentos de casos suspeitos de dengue. Normalmente são atendidas cerca de 70 pessoas por dia e agora está com uma média de 110 atendimentos.

“Esse tipo de atendimento é de responsabilidade da atenção básica, no caso dos postos de saúde. No entanto, por conta dessa transição de gestão agora no final e início do ano, as pessoas passaram a procurar mais o hospital da cidade. Mas acredito que agora, com abertura de unidade sentinela, a situação deva melhorar”, afirmou a diretora.

Plano de contingência
Sem conseguir dizer em números, já que assumiu a pasta neste segunda-feira (4), o novo secretário municipal de Saúde, Aderlandio França, confirmou o aumento de casos nas últimas duas semanas e disse que, por conta da situação, já iniciou a elaboração de um plano de contingência.

Ele afirmou que se reuniu nesta segunda com representantes da Saúde para buscar minimizar os impactos desse aumento de casos da doença. Uma das medidas que devem ser tomadas é a instalação de uma unidade sentinela para atendimento voltado somente aos casos de dengue.

“Realmente os casos estão aumentando na cidade e estamos reunidos, inclusive com a diretora do hospital, com o intuito de discutir um plano de contingência. O que temos definido é a criação de um posto de referência para esses atendimentos. Além disso, até amanhã deve estar chegando os testes rápidos para a gente ter como base os locais de focos e vamos iniciar uma campanha pedindo ajuda da população”, afirmou o secretário.

Segundo dados do Núcleo de Doenças de Transmissão Vetorial da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), a cidade de Tarauacá registrou 700 notificações e 559 casos confirmados de dengue entre o dia 1 de janeiro e 19 de dezembro de 2020.

G1 AC

Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas