Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Sem categoria

Centro de reabilitação em Rio Branco atende 19 pacientes que tratam sequelas da Covid-19

Kenedi Rodigues

Publicado

on

O colunista social Vagno Di Paula ainda sente falta de ar e dificuldades para andar após ser infectado pelo novo coronavírus. Ele ficou quase um mês internado por causa da Covid-19 e, desde que saiu do hospital, no dia 20 de dezembro do ano passado, começou a fazer tratamento no Centro Especializado em Reabilitação (CER), em Rio Branco, para se recuperar das sequelas.

O colunista é um dos 19 pacientes que se recuperam da doença no centro. A unidade passou a atender pacientes pós-Covid no mês de outubro oferecendo fisioterapeutas, médicos, enfermeiros, psicólogos, fonoaudiólogos e nutricionistas.

“O tratamento que faço é três vezes na semana, segunda, quarta e sexta no CER. É perfeito, a fisioterapia é um tratamento que reabilita mesmo, tira os resquícios de danos causados ao pulmão, que fica sujo ainda e vai ajudando a limpar. Dá mais vitalidade, faço caminhada lá dentro, mexo com as pernas, braços e com a respiração. É muito necessário. O ar que respiramos é tudo na vida”, contou.

Vagno Di Paula é hipertenso, obeso e portador de gota, doença reumática causada por uma inflamação pelo excesso de ácido úrico no corpo. Ele ficou internado entre os dias 28 de novembro e 20 de dezembro do ano passado.

“No pós-Covid você tem que continuar o tratamento em casa. Você fica muito debilitado, os passos ficam devagar e com dificuldades para respirar. Eu tive uma crise de gota no hospital e fiquei com dificuldades para andar por causa dos joelhos inchados. Vou fazer uma tomografia para saber como está pulmão”, destacou.

Ainda com certa dificuldade para falar, o colunista relembrou o período que esteve internado. “Divulgaram que eu tinha sido entubado, minha família ficou desesperada, causou um abalo na minha mãe. Nasci de novo, estou bem e me recuperando, mas fiquei triste com a informação errada”, lamentou.

Devido à gota, doença reumática, colunista sente dificuldades para andar após a Covid-19  — Foto: Junior Aguiar/Sesacre

Devido à gota, doença reumática, colunista sente dificuldades para andar após a Covid-19 — Foto: Junior Aguiar/Sesacre

Atendimento CER
O Centro Especializado em Reabilitação (CER) era um pequeno setor da Saúde do Acre que funcionava anexo em um colégio de Rio Branco, mas em dezembro de 2019 ganhou um espaço próprio e equipado para atender os pacientes. Já em fevereiro de 2020, as equipes tiveram que suspender os atendimentos presenciais e atender remotamente devido à pandemia.

No mês de agosto, os servidores voltaram a a atender presencialmente com reabilitação ortopédica, neuromotora, auditiva e intelectual.

“Chamamos a Vigilância Sanitária, fizemos protocolos de atendimentos e retomamos as atividades. Deixamos as famílias à vontade para decidirem se iam ou não. Atendemos crianças de 0 a 16 anos e tentamos centralizar os atendimentos com uma equipe múltipla para os pacientes da Covid e outros pacientes”, destacou a gerente da unidade, Sneyla Santos.

Centro Especializado em Reabilitação (CER) atende pacientes com dificuldades motoras, psicológicas e da Covid-19  — Foto:  Junior Aguiar/Sesacre
Centro Especializado em Reabilitação (CER) atende pacientes com dificuldades motoras, psicológicas e da Covid-19 — Foto: Junior Aguiar/Sesacre

Segundo a gerente, as equipes da CER trabalham na maioria dos pacientes da Covid-19 a reabilitação cardiopulmonar. Há ainda disponível para esses pacientes a reabilitação auditiva, que foi retomada na atual gestão do governo.

“Tem pessoas que ficam sequeladas com problemas psicológicos e temos psicólogos, nutricionistas e outros profissionais. Temos um paciente que nem andava, e agora já está andando. É um idoso de 73 anos. Atendemos também reabilitação intelectual, física, neuromotora, ortopédica e o pós-Covid também com a reabilitação auditiva, que voltou a funcionar e foi um ganho para todos”, concluiu.

G1 AC

Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas