Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cruzeiro do Sul

Rio Juruá ultrapassa cota de transbordo e atinge cerca de 5 mil famílias em Cruzeiro do Sul

Kenedi Rodigues

Publicado

on

Manancial marcou neste sábado (2) 13,52 metros e está 52 centímetros acima da cota de transbordo. Ao todo, nove bairros foram atingidos pelas águas e duas famílias tiveram que deixar suas casas e foram se abrigar em casa de parentes.

O Rio Juruá em Cruzeiro do Sul continua subindo e está 52 centímetros acima da cota de transbordo, que é de 13 metros, segundo dados da Defesa Civil Municipal. Neste sábado (2), o manancial marcou 13,52 metros e já atinge cerca de 5 mil famílias.

A Defesa Civil Municipal informou que o rio começou a encher na sexta (25) e atingiu a cota de alerta, de 11,80 metros, no domingo (27). Na sexta-feira (1), o nível marcou 13,48 metros.

Com nove bairros alagados, duas famílias tiveram que deixar suas residências e foram se abrigar na casa de parentes. As equipes da Defesa Civil e os bombeiros acompanham a situação para a necessidade de retirar mais alguma família.

“Estamos monitorando a situação, ainda não foram montados abrigos. Por conta da pandemia, nos organizamos para garantir ao menos 40 aluguéis sociais, no caso de necessidade. Mas, caso chegue a 20 famílias desabrigadas, a gente já vai começar a ver a possibilidade de montar abrigo público”, disse o coordenador da Defesa Civil, José Lima.

Nove bairros de Cruzeiro do Sul já foram atingidos pelas águas do Rio Juruá  — Foto: Glédisson Albano/Rede Amazônica Acre
Nove bairros de Cruzeiro do Sul já foram atingidos pelas águas do Rio Juruá — Foto: Glédisson Albano/Rede Amazônica Acre

Entre os bairros atingidos pelas águas do Rio Juruá estão:

  • Miritizal, Lagoa, Olivença, Ramal da Boca do Môa, Comunidade Florianópolis, Cruzeirinho, Estirão do Remanso, Parte do bairro Várzea, Parte do bairro Remanso e Rio Juruá Miriam.

Ainda segundo o coordenador, 150 famílias que moram próximas ao Rio Juruá Mirim, que é afluente do Rio Juruá, foram atingidas pela cheia repentina do manancial na última quinta (31). Ao menos duas casas ficaram com água no nível acima das janelas.

Equipes da prefeitura, Defesa Civil e assistência social seguem neste sábado para a região para entregar sacolões e verificar a situação das famílias.

Lima informou que o Rio Juruá Mirim fica próximo de diversas comunidades da zona rural de Cruzeiro do Sul, como a Comunidade Prainha. Assim que chegou a informação sobre a cheia, uma equipe de resgate foi até o local fazer um levantamento, confirmou a necessidade de auxílio imediato à população e por isso retorna neste sábado com as doações.

G1

 

Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas