Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Família quer abrir a Fundação Giovanni Acioly para ensinar música a crianças de Tarauacá

Kenedi Rodigues

Publicado

on

Familiares do radialista e cantor Giovanni Acioly, que faleceu no início do último mês de novembro vítima de um acidente de carro, anunciaram na noite desta segunda-feira, 21, que pretendem implantar um projeto para carregar o legado deixado pelo artista que se foi aos 33 anos. A ideia é abrir a Fundação Giovanni Acioly, conforme informou o pai, o jornalista Raimundo Acioly.

“No próximo ano eu e minha família vamos procurar apoio dos poderes públicos e da iniciativa privada para a implantação do projeto de uma fundação, que levará o nome do Giovanni Acioly”. Segundo a família, o principal objetivo do projeto será ensinar a arte da música para crianças e jovens carentes da cidade de Tarauacá, onde nasceu Giovanni.

“Além de arte, receberão ensinamentos tendo como fundamento a promoção da cidadania. Que o legado do meu filho possa transformar vidas através da arte”, disse o pai.

Giovanni teve a morte cerebral após sofrer traumatismo craniano depois de bater o carro que dirigia contra uma carreta estacionada em frente ao antigo hospital da cidade de Tarauacá. A morte do cantor comoveu milhares de pessoas pelo estado do Acre.

AC 24H

Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas