Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Comemoração da vitória do PT em Xapuri termina com um morto por arma branca

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A festa de comemoração pela vitória da coligação Frente Popular de Xapuri, composta por PT, PSB e PC do B, na eleição do último domingo, 15, realizada neste sábado, 21, com um churrasco que foi servido no clube Sumaré, localizado na entrada da cidade, terminou com brigas e uma pessoa assassinada a golpes de arma branca, segundo informações das polícias Civil e Militar.

A vítima fatal é Cleílson Oliveira Facal, de 22 anos, que foi esfaqueado nas dependências do clube indo a óbito horas depois, no Pronto Socorro de Rio Branco, após ser transferido às pressas do hospital Epaminondas Jácome, do município. A informação foi confirmada pela Polícia Militar, que lavrou Boletim de Ocorrência entregue à Polícia Civil ainda na noite do sábado.

O ac24horas conversou com inspetor de polícia Eurico Feitosa, da Delegacia Geral de Xapuri, que está investigando o caso. Segundo ele, foi apurado até o momento que o crime ocorreu depois de uma briga que aconteceu na parte interna do clube onde ocorria o evento, envolvendo algumas mulheres. O suspeito do crime já foi identificado, mas ainda está foragido.

De acordo com o policial, há indícios de que a briga inicial e o crime estejam relacionados, apesar de que isso ainda não esteja confirmado. Segundo os relatos que o investigador obteve, momentos depois dos desentendimentos ocorridos entre as mulheres, Cleílson entrou no espaço interno do clube sendo perseguido pelo autor das perfurações.

O rapaz tentou se refugiar em cima do palco, mas terminou sendo atingido por vários golpes de arma branca. Socorrido e encaminhado à unidade hospitalar local, ele foi encaminhado ao Pronto Socorro da capital em razão da gravidade dos ferimentos. A comunicação do óbito foi feita à delegacia de Xapuri no começo da madrugada deste domingo.

No local onde se realizava o evento não havia seguranças e em nenhum momento da festa houve ronda por parte da Polícia Militar. Até o fechamento desta nota, a reportagem não havia conseguido falar com nenhum dos dirigentes dos partidos que compõem a Frente Popular de Xapuri para saber que providências prévias foram tomadas quanto à garantia da segurança na festa.

Pessoas que participavam da comemoração relataram que a organização do evento tentou encerrar a festa por duas oportunidades, após o início das brigas, mas disseram que a música continuou e que, apesar de muita gente ter ido embora, outras permaneceram no espaço.

O ac24horas se mantém à disposição para qualquer informação adicional ou esclarecimentos que se façam necessários.

Ac24horas

Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas