Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Retomada do turismo será fundamental para melhorar economia do AC, diz Fecomércio

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Plano foi lançado no último dia 10 de novembro no Palácio do Planalto

O Plano Nacional de Retomada do Turismo será fundamental para o Acre, segundo opinião do coordenador de Turismo do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC, João Bosco Nunes. O projeto foi lançado pelo Governo Federal no último dia 10 de novembro, no Palácio do Planalto, e busca acelerar a recuperação do setor e reduzir o impacto do covid-19 com a paralisação das atividades.

A iniciativa reúne um conjunto de programas, projetos e ações que buscam resultados efetivos até 31 de julho do ano que vem, e serão organizados em quatro eixos: preservação de empresas e empregos no setor de turismo; melhoria da estrutura e da qualificação de destinos; implantação dos protocolos de biossegurança; e promoção e incentivo às viagens.

Além disso, as ações serão compartilhadas entre setores público e privado, terceiro setor e Sistema S e, entre as atividades desenvolvidas pelos órgãos públicos, entidades do terceiro setor e Sistema S, estão o incentivo à adoção do selo Turismo Responsável e aos demais protocolos de biossegurança contra a covid-19 pelos prestadores de serviços turísticos, turistas e comunidades receptoras, bem como a difusão de informações sobre linhas de crédito disponíveis, por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur).

Segundo Nunes, o plano literalmente incentiva o turismo doméstico impulsionado pelas novas tendências mercadológicas. “No caso específico do Acre, estamos preparados para bem receber brasileiros de todas as regiões do país, além de visitantes estrangeiros, principalmente dos países vizinhos, consolidando cada vez mais a integração transfronteiriça entre nossos povos (Acre – Peru – Bolívia), através da Rota Turística Internacional Amazônia – Andes – Pacífico. Outros vetores primordiais serão a preservação das empresas e seus colaboradores, a melhoria na estrutura e qualificação dos nossos polos turísticos, a implantação de protocolos de biossegurança, por meio do selo turismo responsável, além da promoção e incentivo das viagens das férias que começam já em dezembro deste ano com grande atuação da cadeia produtiva local”

O coordenador reiterou que, “os novos e exóticos produtos turísticos do Vale do Juruá estão prontos para bem receber o turista de Rio Branco e de todo o Vale do Acre, fazendo com que desfrutem do melhor em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e arredores.”

O coordenador reiterou que, no Acre, o Juruá tem muito potencial turístico. “E com isso, a ideia é que o turista de Rio Branco conheça o Vale do Juruá -incluindo os arredores de Cruzeiro do Sul, que estão prontos para receber os visitantes, claro que tudo com uma conscientização grande contra à pirataria e com o selo do turismo sustentável”.

Cadastur

João Bosco Nunes explicou que uma das ações que diminuem à pirataria no turismo é o Cadastur, sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor e que garante diversas vantagens e oportunidades aos seus cadastrados. O programa é executado pelo Ministério do Turismo em parceria com outros órgãos nos 26 estados federativos e no Distrito Federal.

Durante a cerimônia de lançamento do Plano de Retomada do Turismo, começou a ser veiculada a campanha “Viaje com responsabilidade e redescubra o Brasil”, que conta com uma série de vídeos voltada à promoção dos destinos turísticos brasileiros. Serão veiculados materiais específicos de cada estado do Brasil, além do Distrito Federal.

“Nós podemos afirmar que o turismo brasileiro está preparado para recebê-lo. Procure os estabelecimentos que têm o selo do Turismo Responsável, são mais de 23 mil estabelecimentos em todo o Brasil, obedecendo todos os protocolos de biossegurança”, afirmou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas