Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Marketing pessoal nas redes sociais

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Olá leitor (a), tudo bem? Estão gostando dos artigos anteriores? Hoje iremos falar sobre um assunto muito interessante, mas que as pessoas não dão tanta importância. Já parou para pensar como estão as suas redes sociais? Está usando suas redes sociais ao seu favor? Se você fosse um recrutador, escolheria o seu perfil como colaborador (a) da empresa? Que tipo de imagem está passando para seus seguidores e profissionais da área em que atua?

No mundo digital em que vivemos, na era da modernidade e globalizada, onde as pessoas possuem muitos afazeres durante o dia, as empresas estão cada vez mais preocupadas em não errar na hora da escolha do candidato ideal para a vaga e não querem perder tempo escolhendo erroneamente. Por essa razão, uma estratégia muito utilizada é análise das redes sociais dos candidatos. Conhecemos relatos de empresas que não contratou, somente pelas postagens incoerentes com o currículo.

Mas antes de iniciarmos o assunto de marketing pessoal nas redes sociais, vamos entender o que é o “marketing pessoal”. O consultor de estratégias de comunicação e marketing, Mário Persona, define o Marketing pessoal como:

“Uma forma de você agregar valor a si mesmo por meio de uma observação sistemática do ambiente onde você atua, das expectativas que as pessoas têm de você, e podemos até chamá-las de ‘clientes’, e da melhor maneira de atender a essas expectativas com um comportamento adequado”.

Várias pesquisas demonstram que muitos recrutadores de todo o Brasil e do mundo vistoriam os perfis das redes sociais dos candidatos à vaga de empregos e dos funcionários que já se encontram contratados (já presenciamos muitas reportagens afirmando demissões por um ato errôneo postado em redes sociais). Muitas vezes, o candidato tem um currículo exemplar, mas faz postagens que podem prejudicar sua entrevista e aquisição do tão sonhado emprego.

Dicas importantes para sua rede social particular:

• Síndrome da segunda-feira e da sexta-feira, ficar falando mal de segunda só por que tem que trabalhar e de sexta, porque vai iniciar o final de semana, vai causar um desconforto muito grande para quem está lendo a publicação.
• Fotos com bebidas e festas todo fim de semana, causa a impressão que você não tem responsabilidades quando for contratado.
• Brigas políticas, fanatismos sobre futebol ou religioso
• Comunidades como odeio meu chefe, dos colegas, do trabalho, dos concorrentes, cuidado com excessos.
• Nunca adicione recrutadores ou profissionais de RH para depois ficar pedindo emprego posteriormente.
• Faça as pessoas te enxergarem como um diferencial
• Defina seu objetivo.
• Produza conteúdo de qualidade, faça postagem de assuntos relevantes, e-books, reportagens interessantes, seminários que participou, etc.
• A dica primordial para que você inicie uma boa rede de relacionamentos profissionais seria criar um conta no Linkedin, trata-se de uma rede social bem específica para área profissional e serve tanto para candidatos, como empresas recrutadoras. Coloque suas experiências profissionais seus trabalhos voluntários, livros que já leu, conecte-se, utilize as redes sociais ao seu favor, coloque frases de grandes nomes do mundo empresarial, fale sobre sucesso, escreva artigos, enfim, mostre ao mundo que você é o profissional que aquela empresa procura. Nem todo mundo sabe, mas o LinkedIn tem um lugar específico para busca de vagas divulgadas por consultorias de RH e empresas em geral, é só entrar na guia Empregos. Note também que o próprio LinkedIn tem um sistema de envio de vagas que estejam de acordo com o seu perfil (formação, experiência, região…), estas aparecem logo abaixo de Vagas que talvez possam interessá-lo (a).

Siga as dicas e boa sorte nos próximos processos seletivos que participar. Fique ligado (a) e até a próxima semana. Forte Abraço.

Adriana Azevedo
Coach Performance Comportamental
Renova Coaching

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas