Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Com o slogan “Rio Branco feliz! Deus governando com a gente”, Jamyl Asfury é oficializado candidato a prefeito da capital

Avatar

Publicado

on

O Partido Social Cristão (PSC) oficializou na tarde deste sábado, 12, a candidatura do ex-deputado e policial federal, Jamyl Asfury a prefeito de Rio Branco e a da assistente social, Vanda de Paula, candidata a vice. A solenidade ocorreu no Palácio do Comercio, localizado na Avenida Ceara.

O evento foi iniciado com uma oração de agradecimento pelo Bispo Manoel Miranda, da igreja Deus é a verdade. Em seguida, além do prefeito e vice, foram apresentados os 26 candidatos a vereadores do partido que estarão levando o nome de Jamyl Asfury e Vanda nessas eleições na capital acreana.
Em seu discurso, a candidata a vice-prefeita, fez agradecimentos a todos os correligionários, em especial a presidente do PSC mulher Sandra Asfury. A senhora é uma mãe para mim e vou honrar mais essa confiança que deposita na minha pessoa” disse Vanda de Paula.

Sandra Asfury mostrou carisma ao cumprimentar os correligionários. Ao contrário do que muitos pensavam, ela decidiu não ser candidata para ajudar a chapa proporcional do partido. “Nós não queremos poder e sim a oportunidades de cuidar de Rio Branco. Quero ajudar nossos candidatos com a experiência que adquiri no parlamento. Temos um time excelente que vai ser a surpresa nessas eleições” disse Sandra Asfury.

A cerimônia seguiu com a exibição de um vídeo contando um pouco da história de vida do candidato Jamyl Asfury. Homem temente a Deus, formado em Engenharia Civil, Policial Federal e Pastor de Igreja, que pretende dirigir a cidade, assim como cuida da sua família, prezando sempre pelo bem-estar de todos. “Eu quero cuidar de Rio Branco, como eu cuido da minha casa”. Enfatiza o candidato.
O candidato reconhece que tem um trabalho árduo pela frente. “A cidade de Rio Branco está vivendo um verdadeiro caos em várias áreas”. Dentre as suas propostas o candidato destaca alguns eixos para a sua gestão: O desenvolvimento humano com uma saúde estruturada e atendimento com amor, Uma educação básica de qualidade chamando as família novamente para participar da escola junto com os filhos, Desenvolvimento social com políticas de melhoria de vida para as famílias com a geração de emprego e renda, Políticas ambientais, investimento no setor produtivo com assistência técnica e incentivo a implantação de plantios de culturas que realmente traz resultados financeiros para o homem do campo como o Cacau e o Açaí.

Jamyl Asfury comenta ainda que está na hora de cortar o cordão umbilical que existe entre a prefeitura e o Estado. “É covarde isso! Não se produz aqui porque tem que comprar de fora e pagar o ICMS. Nós é quem vamos produzir, o Estado gostando ou não! Porque quem desenvolve a cidade é a prefeitura e não o Estado.” Finaliza o candidato.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas