Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

‘O apoio à candidatura do Abdias foi meu e de várias lideranças’, diz Rodrigo Damasceno

Gina Menezes

Publicado

on

O ex-prefeito de Tarauacá, o médico Rodrigo Damasceno, rebateu na manhã de sexta-feira (4) as críticas tecidas por uma liderança política de que ele decidiu sozinho retirar a própria pré-candidatura e apoiar Abdias da Farmácia (DEM), com a suposta condição de indicar a mãe dele, Francisca Damasceno, para ser vice.

Rodrigo afirmou que a decisão foi coletiva e, sobre a indicação do nome da própria mãe para ser vice de Abdias, Rodrigo afirmou que o assunto não passou por ele e sim pela direção do PSDB.

“É uma pena a liderança política que se manifestou não poder se identificar. Meu posicionamento de hoje sobre o apoio ao nome do Abdias não foi algo unilateral da minha parte, mas sim construído com lideranças de todos os partidos que compõe os ‘Todos por Tarauacá’. Havia apenas um pedido para que minha carta fosse publicada após as 11h. Como é algo pessoal e tinha várias pessoas me cobrando um posicionamento fiz a publicação às 7h. Sobre a questão da indicação do nome da minha mãe pelo PSDB não participei dessa construção. E da mesma forma que não sofri influência em minha decisão da vontade pessoal dela, minha mãe também tem o mesmo direito”, diz.

Damasceno rebate que a liderança política ouvida pela Folha do Acre, em matéria publicada nesta manhã, tenha optado pelo off e, segundo ele, omitido o fato de que houve reunião tratando do assunto.

“O que me causa estranheza é que essa crítica parta das sombras e em desacordo com o que foi conversado ontem à noite. Estou trabalhando hoje, inclusive, no município de Feijó e espero que tenham grandeza nessa construção em Tarauacá. A partir de agora é com o Abdias e os partidos que compõe a aliança. Estou somente para somar”, concluiu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas