Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Após pedido de Calegário, comitê libera estágios presenciais para alunos das áreas de saúde

Avatar

Publicado

on

Se a causa é nobre para os estudantes da área da saúde que precisam retornar aos estágios presenciais para concluírem a graduação, sendo agora a oportunidade mais que perfeita para ingressar no mercado de trabalho, imagina para os pacientes, em sua maioria carentes, que tiveram os atendimentos oferecidos de forma totalmente gratuita nas clínicas escolas interrompidos por conta da pandemia.

Após o período de isolamento social, com reabertura do comércio e demais atividades não essenciais, tão logo a reclassificação para a fase amarela pelo Pacto Acre sem Covid, os acadêmicos de Fonoaudiologia da Uninorte têm realizado uma verdadeira peregrinação junto aos órgãos de fiscalização e vigilância para a reabertura da Clínica de Fonoaudiologia que funciona no campus da universidade, um impasse que vem sendo travado junto ao governo.

Sensível a causa dos estagiários, nesta quinta-feira, 3, o deputado estadual Fagner Calegário (sem partido), abraçou o movimento e se comprometeu em ajudar os estudantes. O parlamentar participou de uma reunião online com representantes dos dois últimos períodos do curso de fonoaudiologia, e logo em seguida entrou em contato com o comitê do Pacto Acre sem Covid, vinculado à Secretaria de Estado de Saúde.

“Estamos falando de mais de 40 profissionais que poderiam estar no mercado de trabalho, nas unidades de saúde contribuindo com esse momento delicado em que vive a saúde como um todo. São divergências de interesses que podem ser resolvidas com bom senso. Logo após ouvir a turma, liguei no comitê e fui muito bem atendido pala Dra Karolina Sabino que imediatamente não mediu esforços para viabilizar junto ao comitê a liberação da clínica fonoaudióloga para os estudantes. Flexibilizações são permitidas conforme a mudança de faixa, mudamos e até agora não aconteceu”, destaca Calegário.

Durante a reunião com o parlamentar, os acadêmicos fizeram uma explanação da importância dos atendimentos na clínica-escola, que atende cerca de 90 pacientes só na área de fonoaudiologia, entre elas crianças com Transtorno do Espectro Autista, TDAH, Dislexia, fissuras lábiopalatinas e doenças neurológicas. Além disso, a clínica oferece exames auditivos e reabilitação de transtornos do equilíbrio. Tudo gratuitamente.

“O deputado Fagner Calegário desde o primeiro momento se mostrou muito solícito a entender e ajudar os alunos. Disposto a buscar um auxílio e nos dar voz, ele buscou de imediato uma resolução. O parlamentar percebeu desde o primeiro momento que nossa luta vai além dos nossos interesses, mas que a reabertura das clínicas escolas são benéficas a comunidade, e que também permite a formação dos acadêmicos e preparação para entrada no mercado de trabalho”, defende Luana Félix, acadêmica do último período de fonoaudiologia.

Nesta quarta-feira (4), o governo do Acre publicou alteração no decreto liberando os estágios e aulas práticas nas faculdades do Acre para alunos dos cursos da saúde.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas