Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Gladson Cameli nega que pretenda extinguir conselho político de “notáveis”

Gina Menezes

Publicado

on

O governador do Acre, Gladson Cameli, negou à reportagem da Folha do Acre na manhã de quarta-feira (2) que pretenda dissolver o conselho político que o assessora e que é formado por velhos caciques da política acreana como Elson Santiago, Normando Sales e Osmir Lima.

No entanto, Cameli não respondeu os motivos que o levaram a remover Normando Sales do conselho, que a priori atua dentro da Casa Civil, e lotar o político-empresário na Secretaria de Meio Ambiente. “Não vou acabar com o conselho”, pontuou Cameli.

A afirmação do governador de que manterá o “conselho de notáveis”, como ficou conhecido seu grupo de conselheiros, corrobora com a declaração de Moisés Diniz alçado ao posto de conselheiro-mor.

“O conselho vai continuar atuando da mesma forma”, frisou Gladson.

O Diário Oficial desta quarta-feira trouxe o decreto de alteração da lotação de Normando que sairá da Casa Civil para a Secretaria de Meio Ambiente do Acre.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas