Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Servidores da SEMEIA e Defesa Civil recebem treinamento para combate a queimadas

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Em função das atividades que já vêm sendo desenvolvidas pelos órgãos de controle e fiscalização ambiental no âmbito da Operação Juruá sem Queimadas, servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia) e da Defesa Civil Municipal receberam um treinamento aplicado pelo Corpo de Bombeiros e pelo Exército Brasileiro, através do Comando de Fronteira Juruá/61ºBIS , a pedido da Prefeitura de Cruzeiro do Sul. Durante a capacitação foram realizados treinamentos teóricos e práticos de Brigada de Incêndio e Primeiros Socorros (CBMAC) e Instruções de GPS (61ºBIS).

O treinamento teve como objetivo capacitar os servidores no controle de sinistros ambientais, com ênfase na prevenção e combate de incêndios urbanos e florestais; noções básicas de primeiros socorros; composição das guarnições, manuseio de equipamentos; ferramentas; técnicas e táticas de combate a incêndio florestal e instrução de Sistema de Posicionamento Global (GPS).

No período seco de verão intenso as queimadas na região amazônica acontecem de forma concentrada, aumentando a poluição no índice da qualidade do ar, agravando diversos problemas respiratórios, onde a fumaça se torna ainda mais prejudicial principalmente naqueles infectados com a Covid-19.

Tenente Farias (CBMAC), um dos instrutores da capacitação, frisou que esse trabalho é de grande importância durante este período seco do ano.

“Com essa atividade todos nós só temos a ganhar, o município, o estado e a população de modo geral, pois, estão sendo formados servidores para atuar principalmente na prevenção e também combate a incêndio de modo geral através destas parcerias”, afirmou.

De acordo com a Secretária Municipal de Meio Ambiente, Suzana Farias, está prevista também capacitação dos servidores municipais na área de legislação ambiental.

“A ideia é que todos os servidores, sejam efetivos ou terceirizados, passem por uma reciclagem, pois estamos aqui falando de vidas e patrimônio ambiental”, pontuou.

A secretária explicou ainda que a finalidade dos treinamentos é conscientizar os servidores sobre a importância do trabalho de campo, não apenas da prática como também da teoria, a exemplo das leis de crimes ambientais.

Um dos participantes, Ricardo Saraiva, destacou a importância do treinamento para a atuação correta em situações adversas.

“O curso nos deu mais segurança para atuar em campo e nos mostrou como, e quando, se deve agir na utilização do material de combate a incêndio, e também a cautela que se deve ter ao manusear esse material, que é fundamental para salvar vidas e preservar o patrimônio”, ressaltou o aluno ao abordar que as noções básicas de utilização de GPS também facilitam a identificação dos pontos de queimadas e desmatamentos ilegais.

Ascom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas