Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Servidora do PS diz que criança estuprada pelo tio “gozou durante 4 anos” antes de abortar

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Sesacre está investigando caso e servidora pode ser demitida do cargo

A Secretaria de Saúde do Estado do Acre (Sesacre) informou através de nota que está apurando o caso envolvendo a servidora do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), Noeli Jucundo Andrade, que usou as redes sociais para fazer um comentário sobre o caso da criança de 10 anos que foi abusada e abortou após engravidar do próprio tio em Recife, Pernambuco.

A susposta servidora da saúde fez o seguinte comentário sobre o aborto: “Em quatro anos ela gostou, porque se calou tanto a inocentinha que vocês falam. E a família dela poque só veio abrir a boca quando ela engravidou? Fpo tão estupro que ela gozou durante quatro anos, so parou de gozar pra assassinar um inocente que ela mesmo gerou”, escreveu Noeli.

Após receber inúmeras críticas pelo comentário, Noeli desativou o seu pefil nas redes sociais.

A Sesacre diz que “as denúncias sobre o caso estão sendo recebidas pela Ouvidoria do PS e serão devidamente apuradas, sendo sujeitas a medidas administrativas”.

Confira a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Pronto-Socorro de Rio Branco (PS), comunica que já está apurando denúncia sobre manifestação indecorosa de uma servidora da unidade, nas redes sociais.

A Sesacre ressalta que comentários publicados em páginas pessoais não refletem o posicionamento da instituição, e repudia todo e qualquer ato de agressão contra a dignidade humana.

As denúncias sobre o caso estão sendo recebidas pela Ouvidoria do PS e serão devidamente apuradas, sendo sujeitas a medidas administrativas.

Rio Branco, AC, 21 de agosto de 2020

Alysson Bestene
Secretário de Estado de Saúde do Acre – Sesacre

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas