Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Principal

‘Nem os chefes das facções são presos de maneira tão teatral’, diz advogado de Ícaro Pinto

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Sanderson Moura, advogado de defesa do fisioterapeuta Ícaro Pinto, preso no sábado (15) por atropelar e matar a funcionária do Arasuper, Jhonliane Paiva de Souza, de 30 anos, criticou a atitude da polícia ao esperar ir ao aeroporto de Rio Branco e depois esperar o acusado no posto Tucandeira para prendê-lo.

Sanderson classificou a prisão de Ícaro como um espertáculo circense para saciar a ira pública.

Confira o que disse o advogado:

Lamentável e vergonhoso espetáculo circense para saciar a ira pública. Liguei para o delegado três vezes e informei à delegacia que no domingo Ícaro se entregaria. Ou seja, o rapaz não estava fugindo, estava vindo se entregar. Mas mesmo assim eles mobilizaram desnecessariamente o aparato policial e a imprensa e foram a caça do rapaz que já estava a caminho de chegar à delegacia. Nem os chefes das perigosas facções são presos de maneira tão teatral. Mas eles queriam que a prisão fosse midiática, exibicionista, espetaculosa, ultrajante, que o troféu fosse exposto às massas, que o acusado fosse condenado pelo tribunal das redes sociais sem direito à defesa, ao contraditório, ao devido processo legal, que o acusado fosse jogado na arena aos leões para o gozo da multidão enfurecida. Triste página da história do direito no Acre.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas