Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Geral

Com apoio da Funtac, Prefeitura vistoria qualidade das obras de pavimentação na Cadeia Velha

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, com apoio da Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac), segue monitorando os trabalhos de pavimentação, recapeamento asfáltico e tapa-buracos realizados pelo município. Só na Regional Cadeia Velha o executivo municipal está recuperando ruas em 18 bairros, entre as quais, a Avenida Epaminondas Jácome, uma das principais vias de acesso da capital acreana.

De acordo com Edson Rigaud, secretário da Seinfra, a prefeita Socorro Neri orientou que fosse feita uma fiscalização contínua e detalhada em todos os serviços de infraestrutura viária. Nesta terça-feira, 11, engenheiros da Funtac colheram amostras de massa e emulsão asfáltica (material colante) que serão examinados em laboratório para atestar se o produto é compatível com a qualidade exigida em contrato da Prefeitura.

“É o planejamento de uma gestão que está trabalhando com acuidade, transparência e que busca levar para toda população do município mais dignidade. A Funtac está nos acompanhando, não só nas implantações novas, mas também na manutenção de vias na sede do município e na zona rural”, explicou Rigaud.

Toda atividade de intervenção viária da Prefeitura está sendo submetida a análise laboratorial para que se tenha segurança da qualidade dos serviços contratados. Edson lembrou que os contratos do Município exigem pelo menos três equipes por regional e que na Cadeia Velha foi adotada a estratégia de concentrar três equipes na mesma via, por ser uma via estruturante, e depois expandir para os demais bairros da região.

A Fundação de Tecnologia do Acre está aqui para fazer a coleta de massa asfáltica e do ligante usado no tapa-buracos para que a gente possa processar esse material em laboratório e realizar os ensaios necessários. Com base nos resultados, a Seinfra do município, vai ter as infrações para que ela possa se valer, em algum momento, para confrontar com o material contratado junto a empresa responsável pela execução da obra”, esclareceu Adriana Moura, engenheira civil da Funtac.

Ascom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas