Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Principal

Promotor reedita pedido e goleiro Bruno vai poder retirar tornozeleira durante jogos

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Para os jogos fora do Estado, a diretoria do clube deve pedir autorização judicial

O promotor de Justiça Tales Tranin, que pediu para o Juiz da Vara de Execuções Penais que o goleiro Bruno Fernandes seja monitorado por tornozeleira eletrônica, fez uma reedição da sua solicitação nesta terça-feira (4).

No documento o promotor acrescentou que durante os jogos o goleiro estar autorizado a retirar o equipamento eletrônico. “Considerado a necessidade de conciliar o cumprimento da pena com a ressocialização e, assim garantir a dignidade do preso, bem como sua efetiva reinserção no seio social, que essas novas medidas sejam acatadas”, escreveu o promotor em um dos trechos da decisão.

De acordo com a decisão, nos dias dos jogos o Rio Branco deve entrar em contato com o Instituto Penitenciário do Acre (Iapen) para marcar o horário da retirada do aparelho.

Para os jogos que acontecerão fora do Estado, a diretoria do clube deverá pedir autorização judicial.

ContilNet

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas