Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Geral

Entra em vigor lei que alia prevenção da violência doméstica com estratégia de saúde da família

Redação Folha do Acre

Publicado

on

De acordo com o Monitor da Violência, elaborado pelo Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Acre tem a maior taxa de homicídios contra mulheres e de feminicídios do país, com uma taxa de 7 mortes a cada 100 mil mulheres.

Com base nestes índices, o vereador Mamed Dankar (PROS) apresentou Projeto de Lei instituindo o Programa de Prevenção da Violência Doméstica com a Estratégia de Saúde da Família.

O Programa tornou-se a lei 2361/2020, sancionada pela Prefeita Socorro Neri e publicada na edição desta segunda-feira, 3, do Diário Oficial do Estado, e é voltada à proteção de mulheres em situação de violência, por meio da atuação preventiva dos Agentes Comunitários de Saúde.

Através do Programa de Prevenção da Violência Doméstica com a Estratégia de Saúde da Família, o Município irá promover o acolhimento humanizado e a orientação de mulheres em situação de violência por Agentes Comunitários de Saúde especialmente capacitados, bem como fará o encaminhamento aos serviços da rede de atendimento especializado, quando necessário.

Para a correta implementação das ações do programa, a Prefeitura de Rio Branco solicitará a participação do Grupo Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica – Gevid, do Ministério Público do Estado do Acre.

Através deste Programa será possível, ainda, a realização de estudos e diagnóstico para o acúmulo de informações destinadas ao aperfeiçoamento das políticas de segurança que busquem a prevenção e o combate à violência contra as mulheres.

Ascom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas