Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cruzeiro do Sul

Com mutirão de saúde, Prefeitura de Cruzeiro do Sul alerta a população sobre combate a dengue

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O arrastão de educação e saúde tem como principal intuito conscientizar para eliminação de possíveis criadouros do mosquito.

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul por meio do Secretaria Municipal de Saúde, iniciou nesta segunda-feira, 3, o arrastão de educação e saúde de combate e prevenção a dengue. As equipes estão visitando cada residência, dialogando e vistoriando possíveis criadouros da doença. O Prefeito Ilderlei Cordeiro junto com a Secretária Municipal de Saúde realizam a abertura da ação junto com os agentes que vão atuar diretamente no combate.

Através de um estudo epidemiológico, foram destacados os bairros que estão com maior índice de casos, por isso é importante que todos estejam verificando seus quintais, como endossou o Prefeito Ilderlei Cordeiro.

“Nossas ações não tem parado, mas precisamos da ajuda da população, porque nossos agentes estão fazendo sua parte, mas precisamos também da parceria da população. Para nós é triste saber que mesmo nessa época os números não são tão favoráveis, por isso além da ação constante das nossas equipes é essencial a ajuda de toda sociedade”, disse.

Por meio do cronograma, nos próximos dias as equipes da saúde estarão passando por outros bairros como Cruzeirinho, Formoso, Cruzeirão, Arthur Maia e Cohab. Após a visita dos agentes, as equipes de limpeza também vão realizar a retirada de entulhos.

A Secretária Municipal de Saúde Juliana Pereira explicou que o vírus foi registrado pela primeira vez em Cruzeiro do Sul em 2014, com registro de mais de 20 mil pessoas infectadas. Durante o ano de 2019, o Município teve um outro surto, porém com todas as ações integradas os números foram reduzidos, e esse ano mesmo com o Coronavírus, o cuidado e prevenção quanto a dengue estão sendo desenvolvidas.

“Estamos sempre tentando prevenir, por isso precisamos unir forças da Prefeitura e também da população, nessa única ação que é combater a dengue. A mesma ação que usamos no ano passado, quando conseguimos evitar uma epidemia como em 2014, começam a ser desenvolvidas a partir de hoje”, pontou a secretária de saúde.

Marlis da Costa, moradora do bairro, contou que essa ação é fundamental e demonstra o cuidado referente saúde das pessoas e que todos tem que fazer sua parte para combater à dengue. “Eles passam constantemente aqui, verificam o quintal, olham se está tudo limpo, sem água acumulada. Eu considero muito importante, porque mesmo que eu esteja fazendo tudo certo, algum vizinho pode não fazer do mesmo jeito”, iterou a moradora.

O supervisor das ações endêmicas, Pedro Madson, enfatizou que o mutirão é uma forma de intensificar as ações já realizadas rotineiramente pelas equipes. “Já fazemos rotineiramente esse tipo de serviço, pedindo que cuidem de seus quintais, dos depósitos de água, e já ajuda bastante”, falou.

A saúde orienta que as pessoas devem sempre procurar as unidades de básicas, caso sintam qualquer sintoma da dengue. A gerente de atenção básica, Maria Fernanda, enfatizou que o atendimento médico é soberano nessas situações.

“Orientamos a população que ao apresentar algum dos sintomas, como febre, dor no corpo, dor ao redor dos olhos, mancha no corpo, deve procurar uma unidade, pois a avaliação clínica e médica é muito importante. A avaliação dos sintomas faz o médico diferenciar o que se trata, então pode solicitar o hemograma, que indicará algum sinal de alarme”, finalizou.

Ascom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas