Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Gilson da Funerária ameaça dar ‘pisa’ em eleitor que rebate: “Quem vai levar surra é ele que quer voto na marra”

Redação Folha do Acre

Publicado

on

As eleições no Acre têm suas particularidades. Em Senador Guiomard, vazou um áudio de WhatsApp atribuído ao pré-candidato a prefeito da cidade, Gilson da Funerária, que teria ameaçado dar uma surra em colono que prometeu voto ao prefeito André Maia após serviço de recuperação em um ramal na região.

O áudio atribuído a Gilson da Funerária ameaçando o eleitor vazou, foi compartilhado nas redes sociais e o caso está dando o que falar no Quinari.

“Ô, Vando, se você tiver me abandonado aí no ramal por causa dessa raspagem que o André Maia fez aí tu vai pegar um pisa. Uma pisa que seria pra 10 tu vai pegar sozinho, tá? Te prepara!”, teria dito o pré-candidato Gilson em aúdio vazado no WhatsApp.

Mas a suposta ameaça do pré-candidato ao colono não ficou barata. Vando respondeu às ameaças com outro áudio enviado pelo mesmo aplicativo de mensagem, o WhatsApp.

“Sabe o que vai acontecer? Quem vai levar uma pisa pra 10 vai ser ele, o Gilson da Funerária. Se ele frescar a gente pega ele aqui dentro e damos uma surra nele que nem candidato ele vai querer ser mais. Pra ele aprender a respeitar, ele não faz nada e quer voto na marra. Voto tem que ser conquistado com trabalho”, diz o colono.

Versão de Gilson

A assessoria do pré-candidato Gilson da Funerária enviou nota de esclarecimento sobre os áudios vazados. Confira:

“”O áudio em questão é do produtor rural Vando. Ele é amigo pessoal do vereador Gilson da Funerária. Não houve ameaça. O que houve é uma questão política, onde adversários do vereador espalharam o áudio e com a Fake News conseguiram outros áudios. Gilson segue sua pré-campanha”.

Ouça os áudios da confusão:

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas