Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cruzeiro do Sul

Ilderlei Cordeiro faz primeiro despacho na futura sede da Prefeitura de Cruzeiro do Sul

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Prefeito recebeu representantes do Movimento Nacional de Luta pela Moradia em reunião nesta segunda-feira

Em um ato histórico, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, cumpriu a primeira agenda oficial na futura sede da Prefeitura Municipal. Ele recebeu nesta segunda-feira (27) o Movimento Nacional de Luta pela Moradia, onde ouviu as reivindicações do grupo e se comprometeu a endossar a luta dos ativistas garantindo o apoio da prefeitura municipal.

Em breve o novo prédio será oficialmente entregue e para Ilderlei Cordeiro, o fato de fazer seu primeiro despacho na nova sede para um assunto tão importante, é emblemático. “Estamos fazendo a primeira reunião, o primeiro despacho na futura sede da prefeitura, e sobre um assunto tão importante e que tenho buscado priorizar no meu plano de governo”, disse.

Há anos o Movimento Luta pela Moradia busca a parceria municipal para uma política de assistência social que contemple a parcela da população cruzeirense que necessita de um lar digno, somente com Ilderlei, o movimento viu a esperança de realizar o sonho destes cidadãos se aproximar.

Desde o início de seu mandado, o gestor tem buscado meios de cumprir a sua promessa e o objetivo é construir o primeiro complexo habitacional predial de Cruzeiro do Sul. Há meses, Cordeiro solicita a devolução do terreno onde funcionava a Radiobrás, que foi desativada. No início do mês ele chegou a ir até Brasília, onde se reuniu com o secretário adjunto da Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Mauro Filho, para intermediar este processo.

“Fiz um cadastro junto à Defesa Civil com todo o histórico social de mais de mil famílias, entregamos para o ministro da Defesa, mas a cada troca de governo a luta ficava cada vez mais difícil, mas graças a Deus e uma emenda do Alan Rick, conseguimos dinheiro pra construir o primeiro complexo habitacional predial de Cruzeiro do Sul. Agora eu tento reaver o terreno que era do município e foi cedido à Radiobrás que fechou e agora queremos de volta, é muita burocracia, mas precisamos disso para dar continuidade a esse projeto que está quase finalizado e tenho fé que até o fim do meu mandato assinarei a ordem de serviço para iniciar esta obra”, disse.

Localizado no bairro do Remanso, o espaço tem cerca de 10 hectares.“Lá vai atender as demandas das famílias de baixa renda que não tem uma habitação. No local construiremos prédios com apartamentos e vai ter área de lazer, praça, creche, quadras, campo de grama sintética, área de caminhada, parque, mercados, enfim, um complexo com várias estruturas que vão beneficiar o desenvolvimento e a qualidade de vida da população”, detalhou o prefeito.

Ao todo, os levantamentos feitos demonstram que pelo menos duas mil famílias precisam ser atendidas pelas políticas de moradias. Além do terreno onde funcionava a Radiobrás, o prefeito informou que duas outras áreas foram compradas pelo município para serem destinadas à habitação e uma terceira já está sendo negociada. “Temos muitos problemas na questão habitacional, mas tenho fé que vamos solucionar todos eles até o final do ano. Já me comprometi com o movimento que se não conseguirmos construir as habitações, até o final do meu mandato, por conta de toda esta burocracia, faremos a divisão dos terrenos”, assegurou.

Ascom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas