Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Perpétua repudia contratação de Bruno e lembra que corpo de Elisa foi jogado aos cachorros

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A deputado federal pelo PCdoB do Acre, Perpétua Almeida, também se posicionou sobre a contratação do goleiro Bruno Fernandes pelo time do Rio Branco.

“O Rio Branco-AC, do Acre, estado com a maior taxa de feminicídio, acaba de anunciar a contratação do ex-presidiário Bruno como “um dos seus maiores feitos”. Com frio na barriga, me vem à mente que Bruno assassinou a ex-namorada da forma mais vil possível: homicídio triplamente qualificado – e ainda sequestrou o próprio filho. Filho esse que ele nunca quis assumir e por isso orquestrou o assassinato da mãe da criança”, disse a comunista.

Perpétua diz que tem náusea só de lembrar como Eliza Samuio foi assassinada. Ela questiona se é isso que o Rio Branco quer passar para seus torcedores.

“Nos relatos da época consta que Eliza foi esquartejada e, sua carne, entregue aos cachorros.‬ Tenho náusea só de me lembrar desses relatos. Pegando a referência de que jogadores de futebol arrastam legiões de fãs, pergunto: ‬‪- Que respeito tem o Rio Branco pelas mulheres?‬ – É essa referência que o Rio Branco-AC quer para sua torcida infantil, jovens e mulheres? Um condenado a 20 anos e nove meses de prisão? Pergunto ainda: nós, acreanas, deixaremos esse escárnio se manter?”, questiona.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas