Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Opinião

Bocalom e Marfisa se apropriam de ideologias evangélicas para ganhar espaço, diz colunista

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O Acre e suas peculiaridades

O Acre não é para amadores. Não bastasse os efeitos da pandemia, campanhas antecipadas, agora tem um novo assunto polêmico para se discutir: a contratação do goleiro Bruno para o Rio Branco Futball Club.

Dividindo opiniões

O acusado de matar a modelo Eliza Samudio foi anunciado como a nova contratação do clube acreano e o assunto dividiu opiniões nas redes sociais.

Bocalom e Marfisa Galvão

Bocalom e Marfisa Galvão, em plena pré-campanha, estão se apropriando das ideologias evangélicas. Seria uma espécie de apropriação religiosa alheia? Tipo o que acontece com apropriação cultural?

Se apropriando de discurso evangélico

Ver Bocalom, católico praticante, e Marfisa Galvão, defendendo a reabertura dos templos evangélicos e ganhando espaço nas publicações de líderes evangélicos é incoerente e demasiadamente absurdo.

Sem usar religião

Aliás, esse apelo religioso é ridículo para qualquer candidato. Que apresente propostas, que mostre conteúdo e deixe que cada um pratique a religião que quiser e não tente tirar proveito da fé de ninguém.

Avante abandona Vagner Sales

O Avante, em Cruzeiro do Sul, optou por abandonar o barco de Vagner Sales e a sigla irá apoiar quem Ilderlei Cordeiro ou quem o PP indicar.

Jonas Costa

A decisão é da presidência estadual do partido, mas será prontamente seguida pelo presidente municipal, Jonas Costa, soldado fiel da sigla.

Chapa competitiva

Manoel Roque de Lima, presidente do Avante no Acre, preparou uma das melhores chapas de vereadores, mas não se achou dentro do projeto de Vagner Sales.

Perde

A verdade é que Sales perde com a saída do Avante, que apesar de pequeno é orgânico, organizado e montou uma chapa competitiva.

Segurança pública

Enganou-se quem achou que Gladson Cameli deixaria a Segurança Pública a cargo do vice-governador Wherles Rocha. Aos poucos ele foi tomando pé da situação e hoje tem debaixo da sua tutela a pasta.

Paulo Cézar

Paulo Cézar, o secretário de Segurança, é ligado diretamente a Cameli, como deveria ser todo o secretariado.

Bom dia a todos

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas