Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Embaixador dá sinal verde para Acre exportar carnes para a China; Gonzaga comemora avanço

Anderson Bodanese

Publicado

on

Deputado Luiz Gonzaga volta de Brasília com importantes conquistas para exportação de carnes do Acre para China

O deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB) finalizou sua agenda política em Brasília, na sexta-feira (24), com uma importante reunião com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, onde foi tratado sobre a exportação de carnes do Acre para o país asiático.

A reunião que foi viabilizada pela deputado federal Mara Rocha (PSDB), contou com a participação do vice-governador do Acre, Wherles Rocha (PSDB), embaixador da China, deputado Gonzaga e os empresários Rico e Paulo Santoyo, representando os frigoríficos Frigonosso e Dom Porquito, respectivamente.

LEIA MAIS:

“O Acre está pronto para exportar carnes bovina e suína para o Peru”, diz deputado Gonzaga

Luiz Gonzaga comemorou os resultados positivos da reunião com o embaixador da China sobre a exportação de carnes.

“Saiu da reunião muito animado com a possibilidade do Acre se tornar um exportador de carnes para um dos maiores mercados do mundo, a China. O Acre está preparado para exportar carnes bonina e suína para o Peru e China”, disse o deputado.

O vice-governador Rocha manifestou o amplo interesse de viabilizar as exportações para China sendo alavancadas pela posição estratégica que o Acre possui.

“Somos o estado mais próximo ao Oceano Pacifico e com melhores condições logísticas de abastecer o mercado chinês, conseguimos atendê-los com menor prazo através dos portos peruanos. Nossa carne é de alta qualidade notoriamente destacada pelo Brasil”, acrescentou.

O estado do Acre possui 20 estabelecimentos produtores e 3 destes possuem Serviço de Inspeção Federal SIF, os quais cumprem os mais altos padrões de auditagem para exportação de carnes para o mundo.

Foi apresentado os avanços e protocolo já feito ao MAPA pelo Frigonosso com a intenção de exportar carne bovina para China. O embaixador recebeu com bastante alegria a intenção e se comprometeu a informar às autoridades sanitárias chinesas sobre o pedido e que seja considerado o estabelecimento acreano nas próximas auditagens programadas.

A Dom Porquito é outro grande exemplo, já que exporta para Hong Kong, Uruguai, Vietna, Bolívia e em breve para o Peru. O empresário Paulo Santoyo destacou: “Nosso frigorífico tem capacidade de abate de 1.800 suínos por dia e cumpre com todas as exigências que a autoridade chinesa solicita. Nosso planejamento estratégico gira em torno das exportações, principalmente, para a China Continental através dos portos peruanos”, acrescentou.

O embaixador destacou que o Brasil é um grande sócio da China, principalmente no comércio de proteínas. Ele conta que os consumidores chineses já aceitaram amplamente a carne brasileira e são de alto agrado. “Ter em breve carne do Acre será fantástico porque conhecemos a qualidade e o processo de criação do rebanho. Mesmo na pandemia, nossas importações aumentaram comparadas ao segundo trimestre do ano anterior”, destacou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas