Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Senadora Mailza Gomes comemora reabertura das igrejas no Acre

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Após publicação do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira, 24, que libera o funcionamento de igrejas e templos religiosos no Acre com cultos e missas presenciais a partir de hoje, a senadora Mailza Gomes (Progressistas-Acre) comemorou.

“As igrejas vão manter os cuidados de higienização, cuidando e zelando da saúde dos fiéis, a volta da celebração dos cultos e missas presenciais traz paz para quem está aflito. Deus é o caminho nesse momento de pandemia, mas não devemos deixar de nos cuidar”, justificou a senadora. Agora, as igrejas poderão voltar com as suas atividades, seguindo as normas estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde.

Mailza destacou ainda sua luta em defesa da abertura e a essencialidade das instituições religiosas em momentos de crise e agradeceu ao governador Gladson Cameli pela “sabedoria e sensibilidade em sua decisão”.  

De acordo com a publicação, eventos religiosos em templos ou locais públicos, de qualquer credo ou religião, poderão ocorrer com no máximo 20% de sua lotação.

A luta da senadora Mailza pela reabertura dos templos religiosos para cultos e missas

No início do mês, a parlamentar se reuniu com o governador Gladson Cameli e lideranças evangélicas para pedir a reabertura das igrejas.

Nesta semana a senadora voltou a se reunir com lideranças evangélicas para cobrar do governo uma solução para o funcionamento presencial das igrejas. Participaram os deputados federais Alan Rick (Democratas-AC), Manoel Marcos (Republicanos-AC) e os estaduais doutora Juliana (Republicanos-AC) e Cadmiel Bonfim (PSDB-AC), pastores e autoridades religiosas.

Nas redes sociais, Mailza também aderiu ao movimento #RespeitemAsIgrejas, iniciativa que pede realização de cultos e missas com limite de 30% seguindo regras de distanciamento social e cuidados de higienização.  

Assessoria

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas