Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

CRM ingressa com ação para que empresa que administra INTO se regularize no Acre

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Após várias tentativas por meio de diálogo e envio de ofícios, o Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) ingressou com uma ação de obrigação de fazer com antecipação de tutela, nesta segunda-feira (29), na Justiça Federal contra a empresa Mediall, responsável pela administração do Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into), uma das unidades referência no atendimento de pacientes com Covid-19 no Estado.

A empresa firmou contrato com a Secretaria Estadual de Saúde de forma emergencial para prestação de serviços de gerenciamento técnico, administrativo e fornecimento de mão de obra especializada, recursos materiais, insumos e medicamentos necessários para o funcionamento de 20 leitos críticos adulto, 40 leitos semi-críticos adulto e pronto socorro, com 7.200 atendimentos/mês de pacientes com Covid-19 no INTO.

Na ação, o Conselho destaca que sua função de órgão supervisor da ética profissional em todo Estado e ao mesmo tempo, julgador e disciplinador da classe médica.

De acordo com o CRM, a empresa Mediall não está cumprindo com o seu dever junto ao Conselho de Classe, pois até a presente data não está formalmente habilitada para exercer suas atividades no Estado. Isso porque, para executar qualquer serviço médico no estabelecimento se faz necessária a inscrição no CRM-AC, desse modo, consequentemente cria obstáculo à ação fiscalizadora, ação esta indispensável ao zelo do desempenho ético.

Por esse motivo, o Conselho buscou através do diálogo e encaminhamento de diversos ofícios e não obteve sucesso. Com isso, não encontrou outro meio senão a busca pela tutela na Justiça a fim de que a empresa cumpra com as normas reguladoras.

Além de não estar inscrita no Conselho Regional de Medicina, a empresa também tem contratado e permitido a atuação de médicos sem inscrição no CRM-AC, portanto, permitindo o exercício ilegal, o que é proibido.

Assessoria

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas